Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘segurança’ Category

Texto Bíblico: Salmos 23.1

 Introdução: O salmo 23 foi escrito por Davi na visão e perspectiva de um pastor de ovelhas. E como tal, Davi conhecia todas as implicações e realidades desse trabalho. Ele olha para Deus e vê que assim como ele lidava e tratava suas ovelhas, era também cuidado e tratado por Deus que era o seu pastor. Desta forma com muita propriedade ele apresenta realidades que eram vividas no cotidiano de seu trabalho e as aplica ao contexto espiritual, observando assim a maravilhosa forma como Deus cuidava de sua vida. O mesmo cuidado Deus continua dispensando às suas ovelhas ainda hoje. Ele continua sendo e sempre será o nosso grande Pastor.

O texto nos afirma: “O Senhor é o meu Pastor; nada me faltará.” – Que maravilha!  O Senhor é o nosso Pastor e supre todas as nossas necessidades. Portanto, temos a certeza de sua presença plena em nossas vidas cuidando de nós. Muita das vezes como ovelhas nos distanciamos do aprisco e nos afastamos do nosso Pastor. Contudo, Ele é fiel e nunca nos abandona. Ele sempre virá em busca de suas ovelhas. Duas verdades são aqui destacadas:

1- Pastor Pessoal.

Ele é o “meu pastor…”. Ele tem conosco uma relação pessoal. Ele conhece chama pelos nomes as suas próprias ovelhas. (Jo 10.3). Ele nos conhece pessoalmente. Ele conhece suas ovelhas intimamente, uma por uma, e cuida delas individualmente. Ele conhece as ovelhas uma por uma, tratando-as bondosamente, como indivíduos. As ovelhas têm contato pessoal com o pastor. A Escritura Sagrada diz:

“As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; e dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará das minhas mãos.” (Jo 10.27,28). Isto é relacionamento pessoal: “O Senhor é o meu Pastor…” Isto fala também de comunhão pessoal com Ele.  

2- Pastor Suficiente.

“… nada me faltará.” Ele é o pastor que supre suas ovelhas em quaisquer circunstâncias. A ovelha é um animal indefeso, míope e incapaz de cuidar de si mesma. Ela necessita do cuidado do pastor.

E Cristo tem toda a condição para suprir suas ovelhas de forma plena. Descanse e confie no Senhor, pois na hora certa Ele sempre tem a resposta de suprimento para suas ovelhas. Ele tem suprimento abundante e suficiente. “… nada me faltará.”

  • Não faltará alimento. (v.2).“Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas”.
  • Não faltará refrigério. (v.3ª).“Refrigera a minha alma…”
  • Não faltará direção. (v.3b). – “… guia-me pelas veredas da justiça…”
  • Não faltará segurança. (v.4a). – “Ainda que eu andasse pelo vale da sobra da morte, não temeria mal algum…”
  • Não faltará companhia. (v. 4b).“pois tu estás comigo”
  • Não faltará Consolo. (v.4c). – “… a tua vara e o teu cajado me consolam.”
  • Não faltará suprimento. (v.5a). “Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus adversários…”     
  • Não faltará unção. (v.5b). “… unges-me a cabeça com óleo…”
  • Não falta regozijo. (v.5c). “… o meu cálice transborda.”
  • Não faltará bondade e misericórdia (v.6a). “Certamente que a bondade e a misericórdia me seguiram todos os dias da minha vida…”
  • Não faltará convicção. (v.6b). – “… habitarei na casa do Senhor por longos dias.”

Ele faz tudo quanto pode para cuidar delas, por possuir por elas um afeto genuíno, protegendo-as do perigo, suprindo-lhes todas as necessidades.

Resumo: O resultado destas certezas na vida daqueles que foram lavados e remidos pelo Sangue de Cristo, sem dúvida é Alegria completa por pertencer ao rebanho de Cristo. Um rebanho cuidado pelo Sumo Pastor e caminha para os céus.

Anúncios

Read Full Post »

Textos Bíblicos: 2Reis 4.23,26; Filipenses 4.13; Marcos 9.23

Introdução: As palavras têm poder. Tudo é possível pelo poder da palavra, mas poucos têm consciência disso. Existe poder em suas palavras. O poder vem quando você assume a responsabilidade por sua vida. Vejamos:

1- “… Tudo Vai Bem…” (2Rs 4.23,26).

Sunamita e o seu filho. Deus abençoou essa mulher fiel, dando-lhe um filho. (2Rs 4.8-17).

Deus a submeteu a uma prova severa quando permitiu que esse filho lhe fosse tirado. (2Rs 4.18-21).

Deus restaurou a vida do filho, quando ela se manteve firme na promessa que Deus lhe fizera. (2Rs 4.22-37). A Escritura Sagrada diz:

“Retenhamos firmes a confissão da nossa fé, porque fiel é o fez a promessa”. (Hb 10.23).

“Fiel é o que vos chama, o qual também o fará”. (1Ts 5.24).

2- “Tudo Posso…” (Fl 4.13).

Paulo estava preso na prisãoem Roma. Paulopodia viver com alegria porque compreendia a vida sob o ponto de vista de Deus.

Aprenda a confiar nas promessas de Deus e no poder de Cristo para ajudá-lo a manter-se contente.

Ele suprirá todas as suas necessidades, mas de uma forma que só Ele sabe ser a ajuda para você. (fl 4.19).

3- “… Tudo é Possível…” (Mc 9.23).

O jovem lunático. Ao pai do jovem lunático, Jesus disse-lhe: “… Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê.” (v. 23).

Jesus disse que tudo é possível se crermos, porque nada é difícil para Deus. A Escritura Sagrada diz:

“… mas a Deus todo é possível”. (Mt 19.26).

“… porque para Deus todas as coisas são possíveis”. (Mc 19.27).

“Porque para Deus nada é impossível”. (Lc 1.37).

Não podemos ter imediatamente tudo o que pedimos a Ele, mas, com fé, podemos ter tudo o que precisamos. (Fl 4.13).

Resumo: Acredite é possível alcançar as bênçãos, resolver os problemas, vencer as lutas, superar as tribulações e tomar posse da vitória através do poder da palavra!

Read Full Post »

Texto Bíblico: Apocalipse 3.20

Introdução: Cristo está à porta, e sua vinda se dará em breve. (Mc 13.29). Cristo, o Senhor da Igreja, está do lado de fora da mesma. O mesmo Senhor, em paciência e amor, pede admissão e promete comunhão vital com aqueles que lhe derem ouvidos. “Filho meu, dá-me o teu coração.”

Jesus bate à porta de nosso coração porque deseja nos salvar e manter uma íntima comunhão conosco. Ele é paciente e persistente em sua tentativa de fazer parte de nossa vida – sem invadir ou se introduzir por conta própria, mas batendo. Ele nos permite decidir se queremos ou não abrir nossa vida a Ele. Será que você, intencionalmente, sempre mantém sua presença e seu poder de transformar vidas do lado de fora da porta?  

A porta é a vida do individua, da igreja ou da comunidade religiosa. A famosa pintura de Holman Hunt,em que Cristoaparece diante da porta, a bater, não mostra a maçaneta do lado de fora. È que só pode ser aberta pelo lado de dentro. 

Cristo Bate a Porta do Seu Coração:

“Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e com ele cearei, e ele, comigo.” (v.20).

1- Um Senhor que Bate: “Eis que estou à porta e bato…”

Cristo tanto bate à porta como fala. Com grande freqüência. Pedindo permissão para entrar e fazer morada.

2- Um Senhor que Pede: “… se alguém abrir a porta…”

Esta é a voz do Bom Pastor, que conduzirá as ovelhas às pastagens de sua comunhão transformadora.

3- Um Senhor que Promete: “… entrarei em sua casa…”

Cristo entra na casa, a fim de assentar-se à mesa do banquete, como amigo e companheiro.

4- Um Senhor que Abençoa: “… cearei, com ele e ele comigo.

Que maravilha! Receber Jesus, e tê-lo como convidado de honra, ceando em sua casa. E desfrutando de sua comunhão, segurança sustento e salvação.

Resumo: Cristo Está á Porta e Bate. E Ele está dizendo: “Filho meu, dá-me teu coração.”

Read Full Post »

Textos Bíblicos: 1João 2.14; Romanos 8.31,37

1- A Sua Força. (v.14b). Pelo poder assim obtido, os jovens crentes se tornam espiritualmente fortes; portanto a força espiritual é adicionada à energia física.

O jovem tem uma força extraordinária:

  • Força para vencer o mal. (Rm 12.21).
  • Força para vencer o tentador. (1Co 10.13).
  • Força para ser mais do que vencedor. (Rm 8.31,37).

As Escrituras Sagradas dizem:

“A glória do jovem é a sua força…” (Pv 20.29).

“… a alegria do Senhor é a nossa força.” (Ne 8.10). 

2- A Palavra de Deus. (v.14c). Por que:

A Palavra é um elemento que disciplina e canaliza as energias (força).

O Poder da Palavra de Deus:

  • A Palavra de Deus Ilumina. (Sl 119.105).
  • A Palavra de Deus Purifica. (Sl 119.9; Jo 15.3; Ef 5.26).
  • A Palavra de Deus Santifica. (Jo 17.17).
  • A Palavra de Deus Edifica. (Mt 16.18).
  • A Palavra de Deus Fortalece. (Mt 4.4).
  • A Palavra de Deus Protege. (Pv 30.5; Ef 6.17).

3- A Presença de Deus. (Rm 8.31). A Presença do Senhor o segredo da vitória. A presença do Senhor é tudo que o jovem precisa. Por que:

  • Na Presença de Senhor há Direção Certa. (Êx 13.21).
  • Na Presença de Senhor há Abundância de Alegria. (Sl 16.11; Jó 41.22).
  • Na Presença de Senhor há Abundância de Vida. (Jo 10.10; 6.68).
  • Na Presença de Senhor há Proteção. (Êx 33.14,15; Sl 62.1).

Read Full Post »

Textos Bíblicos: Números 23.19; Hebreus 10.23

Introdução: A palavra “promessa” no dicionário Aurélio significa: Ato ou efeito de prometer, oferta, dádiva, compromisso, voto ou juramento.

A Bíblia está cheia de preciosas promessas feitas aos seus filhos. São mais de 30 mil registros.

Deus sempre cumpre a suas promessas. Deus nunca se retrata ou altera a suas promessas. A Bíblia diz em Salmos 89.34 “Não violarei o meu pacto, nem alterarei o que saiu dos meus lábios.”

Ele cumprirá cada promessa que fez. Isto significa que Ele efetuará tudo o que propôs.

Quatro Razões Porque Deus Cumpre as Suas Promessas:

1- A Veracidade de Deus.

“Deus não é homem para que minta…” (Nm 23.19a). Deus é perfeitamente fiel as suas promessas e aos seus mandamentos. (Sl 33.4). Sua integridade moral é sua característica pessoal permanente. (Sl 119.160). Tudo quanto Deus nos revelou é a mais absoluta verdade. Ele é absolutamente fidedigno e verdadeiro em tudo quanto diz e faz. Tudo quanto ele fez até agora, no que se refere ao cumprimento de suas promessas, é a garantia definitiva de que ele cumprirá tudo o que prometeu. As escrituras Sagradas dizem:

“… Deus não é homem para que minta…” (Nm 23.19).

“… Seja Deus verdadeiro, e mentiroso, todo homem…” (Rm 3.5).

“… e estamos no verdadeiro em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.” (1Jo 5.20).

2- A Fidelidade de Deus.

Deus é fiel. Ele é absolutamente digno de confiança; as suas palavras não falharão. Ele é fiel na sua natureza e nas suas ações. O Senhor comprova a sua fidelidade ao cumprir as suas promessas.

A fidelidade é uma perfeição em Deus pela qual Ele é fiel à sua Palavra e a todos os Seus concertos. Ele nunca quebra um contrato consigo mesmo nem com Suas criaturas. O que Ele propôs, isto fará, e o que prometeu, isto executará. As Escrituras Sagradas dizem:

“Saberás, pois, que o Senhor, teu Deus é Deus, o Deus fiel, que guarda a aliança e a misericórdia até mil gerações aos que o amam e cumprem os seus mandamentos.” (Dt 7.9).

“… Deus é fiel, e não há nele injustiça.” (Dt 32.4).

“Eis que vou, hoje, pelo caminho de toda a terra; e vós bem sabeis, com todos os vossos corações e em vossas almas que nem uma só palavra de todas as boas coisas que falou de vós o Senhor, vosso Deus; nenhuma delas falhou, mas todas se cumpriram.” (Js 23.14).

“… nem uma só palavra caiu de todas as suas boas palavras que falou pelo ministério de Moisés, seu servo.” (1Rs 8.56).

“… a fidelidade do Senhor subsiste para sempre…” (Sl 117.2).

“Disse o Senhor a Jeremias: … eu velo sobre a minha palavra para a cumprir.” (Jr 1.12).

“Fiel é o Deus, pelo qual fostes chamados à comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.” (1Co 1.9).

“Fiel é o que vos chama, o qual também o fará.” (1Ts 5.24).

“Retenhamos firmes a confissão da nossa fé, porque fiel é o fez a promessa.” (Hb 10.23).

3- A Imutabilidade de Deus.

Deus é imutável, isto é, Ele é inalterável nos seus atributos, nas suas perfeições e nos seus propósitos para a raça humana.

Deus é imutável. Isso significa que ele não muda, não é instável, não é incerto, não é inconstante Ele é imutável em Seu Ser e Caráter.

Deus é imutável em suas promessas. “Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa…” (Nm 23.19). Uma vez tendo prometido algo, Deus não será infiel a essa promessa. Deus nunca muda de idéia nem se arrepende do que faz.

A Sua imutabilidade, faz com que as suas promessas permaneçam firmes, trazendo assim a nós segurança e esperança. As Escrituras Sagradas dizem:

“E disse Deus a Moisés: Eu Sou o Que Sou…” (Êx 13.14).

“Eles perecerão, mas tu permaneces; todos eles envelhecerão como uma veste, como roupa os mudarás, e serão mudados. Tu porém, és sempre o mesmo, e os teus anos jamais terão fim.” (Sl 102.26,27).

“Porque eu, o Senhor, não mudo; por isso, vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos.” (Ml 3.6).

“… é o mesmo ontem, hoje, e eternamente.” (Hb 13.8).

“Toda a boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.” (Tg 1.17).

4- A Infalibilidade de Deus.

Deus é infinitamente onipotente, não tendo o mínimo de possibilidade de que Ele possa falhar, pois se tratando de Jeová sempre haverá a perfeição, além do que a carta do Apóstolo Paulo aos Romanos 9.6, diz que a Palavra de Deus não falha.

Infalibilidade é a característica de quem ou do que, nunca falha, nunca erra, de quem é perfeito, quem é auto-suficiente, enfim de quem é infalível.

Ele é infalível! Deus nunca falhou, não falha e jamais falhará! As promessas de Deus nunca falham. As promessas do Senhor são infalíveis. As Escrituras Sagradas dizem:

“Haveria alguma coisa difícil ao Senhor?…” (Gn 18.14).

“Ah! Senhor Deus, eis que tu fizeste os céus e a terra com o teu grande poder e com teu braço estendido; coisa alguma te é demasiadamente maravilhosa.” (Jr 32.17).

“Bem sei que tudo podes, e nenhum dos seus pensamentos pode ser impedidos.” (Jó 42.2).

“O Senhor nas é mais poderoso do que o bramido das grandes águas, do que as poderosas ondas do mar.” (Sl 93.4).

“No céu está o nosso Deus e tudo faz como lhe agrada.” (Sl 115.3).

“Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e ninguém há que possa escapar das mãos; operando eu, quem impedirá?” (Is 43.13).

“… mas a Deus todo é possível.” (Mt 19.26).

“… porque para Deus todas as coisas são possíveis.” (Mc 19.27).

“Porque para Deus nada é impossível.” (Lc 1.37).

“Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera.” (Ef 3.20).

Resumo: “Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa. Porventura, diria ele e não o faria? Ou, tendo falaria e não o confirmaria?”

Read Full Post »

Texto Bíblico: Salmos 46.1

Introdução: Deus não é apenas nosso protetor; Ele é nosso auxiliador (socorro). Mesmo quando nosso mundo parece estar desmoronando ao nosso redor, Ele está presente. Nossa tarefa é confiar que, no meio dos terremotos e tsunamis das nossas vidas, não estaremos sozinhos, nem abandonados.

O Socorro de Deus.

O socorro de Deus está ao alcance do seu povo e quer que busquemos seu socorro em qualquer momento de necessidades.

Precisamos confiar nEle de todo coração; e buscar a sua graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno. (Hb 4.16).

Não Existe Problema Que Deus Não Possa Resolver. Exemplos:

1- Davi. (Sl 121).

Quando Davi estava na caverna de Adulão. Todos os dias se colocava à porta da caverna , olhando para as montanhas com a esperança de conseguir novos recrutas chegando em seu apoio. Desanimado ante tão longa expectativa, ele pergunta a si mesmo e logo a seguir, responde: “Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra.” (vv.1,2).

2- A mulher do fluxo de sangue. (Mc 5.25-34).

A mulher tinha uma hemorragia debilitante, embaraçosa, desencorajadora (v.26), que estava além da ajuda do conhecimento e da simpatia humanos.

 A mulher solicitara a ajuda de muitos médicos, mas nenhum deles pode aliviá-la. Só Jesus podia ajudar agora.

A conclusão daquela mulher:

  • Meu socorro vem do Senhor (vv.27,28).

Apelou para Jesus como último recurso. Porque dizia: “Se tão-somente tocar nas suas vestes sararei.” (v.28). Teria apelado para ele antes, se tivesse podido fazê-lo.

Socorro Para o Necessitado:

1- Socorro Bem Presente.

Socorro bem presente. Significa um socorro que se confirmou confiável ou que provou ser uma fortaleza confiável no passado, de forma que nenhuma calamidade presente ou futuro possa ser motivo de temor.

2- Socorro seguro.

O nosso socorro em qualquer situação. (Is 41.10). Quem conhece Deus como ajudador, não precisa ter medo de nada.

3- Socorro Suficiente.

Ele é suficiente em qualquer situação e nunca nos deixa só. Por isso não precisamos temer.

Tornamo-nos satisfeitos quando percebermos a suficiência do socorro que Deus nos concede quanto às nossas necessidades.

Resumo: Que bom poder contar com o Deus todo poderoso em todos os momentos em todos os lugares. Não importa a situação, não importa se merecemos ou não. “Ele sempre está conosco para nos socorrer.”

Read Full Post »