Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \10\UTC 2011

Texto Bíblico: Gênesis 3.1-15

1- Primeiro passo errado: Desobediência. (v.6).

A desobediência é a conseqüência de todo mal. (vv.14-19; Rm 5.12).

2- Segundo passo errado: Auto-suficiência. (v.7). – falha, temporária.

Fizeram para si aventais (folha de figueira).

  • Para cobrir a nudez,
  • Para cobrir a vergonha,
  • Para cobrir o pecado.

As questões espirituais jamais podem ser resolvidas por processos ou intentos matérias! O quererem cobrir a nudez é prova real de que foram despidos da glória de Deus. (Rm 3.23; 5.1). 

3- Terceiro passo errado: Esconderam-se da presença de Deus. (vv.8-10).

“… Onde estás? Adão!”

Nada pode ser escondido da presença de Deus:

  • Ele é Onipotente (“tem todo poder”).
  • Ele é Onisciente (“conhece todas as coisas”).
  • Ele é Onipresente (“está presente em todo lugar”). 

“… Para onde me irei do teu Espírito ou para onde fugirei da tua face? Se subir ao céu, tu ai estas; se fizer no Seool a minha cama, eis que tu ali estás também…” (Sl 139.1-10).

“E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes, todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar.” (Hb 4.13).

4- Quarto passo errado: Justificaram o seu pecado. (vv.12,13). – Desculpa.

O que as Escrituras Sagradas dizem sobre o pecado:

  • O pecado é a transgressão da Lei divina,
  • O pecado é a desobediência as Leis de Deus,
  • O pecado é errar o alvo de Deus,
  • O pecado é a separação de Deus. (Is 59.2),
  • O pecado gera o abandono a Deus. Exemplos:

               – Adão e Eva. (vv.23,24),

               – Sansão. (Jz 16.20),

               – Saul. (1Sm 16.1ª, 14; 28.6).

  • O salário do pecado é a morte. (Rm 6.23),
  • Todo aquele que comete pecado é escravo do pecado. (Jo 8.34).

“O que encobre as tuas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia.” (Pv 28.13).

“Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto.” (Sl 32.1).

“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” (1Jo 1.9).

Promessa Anunciada. (v.15).

“E porei inimizade entre ti e a mulher e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.” 

Vestes Providenciadas.

As Vestimentas da Redenção. A vestimenta o ato da misericórdia de Deus ao homem em desobediência e pecado.

“Adão e Eva estavam nus.” (Gn 3.9).

“E fez o Senhor Deus a Adão e sua mulher túnicas de peles e os vestiu.” (Gn 3.21).

A Crucificação de Jesus.

“Tendo, pois, os soldados crucificado a Jesus, tomaram as suas vestes e fizeram quatro partes…” (Jo 19.23).

As vestes de Jesus foram tiradas e rasgadas para nos vestir:

  • A Veste da Salvação. (Is 61.10).
  • A Veste de Poder. (Lc 24.49; At 1.8; 2.1-4).
  • A Veste da Proteção. (Ef 6.11-13).

Read Full Post »

Texto Bíblico: 1Samuel 17.38-50

1- Uma Harpa. (1Sm 16.16; 18.10).

É o mais antigo instrumento musical que se conhece, existindo já antes do dilúvio. (Gn 4.21). A palavra hebraica kinnor, que se acha traduzida por harpa, significa provavelmente a lira. Os hebreus faziam usa dela, não só para as suas devoções, mas também nos seus passatempos. Não era usada em ocasiões de tristeza.

Geralmente era usada pelos hebreus em momentos:

  • de Gratidão,
  • de Devoção,
  • de Adoração.

2- Um Cajado. (1Sm 17.40).

Era um instrumento usado pelo pastor de ovelhas. (Sl 23.4).

Geralmente era usado para:

  • Corrigir a ovelha desobediente e desgarrada,
  • Socorrer a ovelha que se encontrava caída e enferma,
  • Proteger o rebanho dos animais ferozes.

3- Um Alforje. (1Sm 17.40,49).

“Alforje” ou “porta-níqueis.” Uma sacola que os viajantes usam para levar dinheiro e mantimento para a jornada. Era feito de diversas matérias, geralmente pele ou couro, e estava preso à cintura. (1Sm 11117.40).

Geralmente o alforje fala de:

  • Provisão,
  • Abastança,
  • Subsistência,
  • Suficiência.

4- Uma Funda. (1Sm 17.40,49, 50).

Instrumento (arma) feito de pedaço de couro e de duas cordas, com que se lançam pedras ou balas. Usada por Davi para matar Golias. (1Sm 17.40,50). Os que atiravam com fundas pertenciam tanto a infantaria como os arqueiros. (2Rs 3.35). Usavam tanto da mão direita como da esquerda em arremeter pedras com fundas. (1Crô 12.2). Setecentos benjamitas que atiravam com a funda num cabelo e não erravam. (Jz 20.16). A vida de teus inimigos este a arrojará como se a atirasse da cavidade de uma funda. (1Sm 25.29; Jr 10.18).

A funda representa armadura do crente como:

  • Arma de Combate. (1Tm 1.18,19; 6.12; 2Tm 4.7,8).
  • Arma de Ataque. (Ef 6.17).
  • Arma Ofensiva. (2Co 10.4).

5- Cinco Pedras. (1Sm 17.40,49,50).

Pedra na simbologia Bíblica é Jesus. (Mt 16.18).

  • Símbolo da Misericórdia de Deus,
  • Símbolo do Poder de Deus,
  • Símbolo da Autoridade de Deus.

As cinco pedras de Davi correspondem:

  • A sua Suficiência.
  • A sua Eficiência.
  • A sua Eficácia. (2Sm 21.22).

Read Full Post »

Texto Bíblico: Tiago 4.7

Introdução: “Satanás.” Uma palavra hebraica que significa adversário. Também é chamado pelo nome de “diabo” que significa acusador ou caluniador, e também “Belzebu ou Baalzebu”, que significa senhor das moscas. O N. T. aplica o termo ao “príncipe” ou chefe dos demônios. (Mt 12.24-29). No trecho de Ap 12.3 ele é chamado de dragão, uma referência á sua astúcia, malignidade e veneno. Ap 12.9 é passagem que se refere ao “dragão” como a antiga serpente, uma referência à sua astúcia, misturada com a sua natureza destruidora.

Portanto as Escrituras aludem a Satanás como uma personalidade real, e não meramente como símbolo do princípio do mal. Porém Satanás está neste mundo e está tentando nos conquistar para sua causa maligna. Mas é possível vencê-lo! Como?:

1- Sujeitando.

“… Sujeitai-vos…” Esse é um elemento imprescindível para a vitória na vida espiritual. É para os “humildes” que a graça de Deus é conferida.

Quem se sujeita é quem se torna “humilde” de espírito, reconhecendo a sua própria fraqueza na esfera espiritual. Realmente, é necessário que o crente se submeta ao seu próprio Comandante, pois está diante de um inimigo feroz. Sozinho. O crente certamente fracassará; com Cristo a vitória lhe está assegurada, mas ninguém estará “com Ele”, a menos que se submeta às suas ordens.

2- Resistindo.

“… resisti…” O verbo sugere oposição vigorosa, resistir bravamente, ficar cara a cara contra um adversário, sustentar sua base. Significa manter agressivamente na retaguarda ou manter-se à frente e opor-se; “lutar.” (Ef 6.12). Significa engajar-se ativamente em um combate um-a-um; “ficar firme.” (Ef 6.13). Significa manter a firmeza depois de uma batalha ativa; e “estar firme.” (Ef 6.14). Significa tomar posição para a próxima batalha.

Tomai atitude firme, resistindo às tentações e ao mundanismo enviada pelo “príncipe deste mundo” (Jo 14.30), e obtereis sucesso. Se Satanás for resistido com constância, sabendo que Deus é quem firma ao crente, desistirá imediatamente. Com o poder do Espírito Santo, podemos resistir ao diabo, e ele fugirá de nós.

3- Triunfando.

“… e ele fugirá de vós…” Essa idéia aparece sob várias formas, na literatura judaica: “Se fizeres aquilo que é bom, meus filhos… o diabo fugirá de vós.” “Se um homem foge para o Senhor, o espírito maligno fugirá dele.” “Se praticardes o bem, até mesmo os espíritos imundos fugirá de vós.”.

Portanto, sujeitai-vos a Deus e oferecereis resistência a ele (ao diabo) e ele fugirá de vós. Ele (o diabo) pode lutar, mas não pode vencer; portanto, se lhe ofereceres resistência, ele fugirá de ti; derrotado e envergonhado.

Resumo: Há vitória; a derrota não é necessária, embora o adversário seja dotado de forças e inteligência prodigiosas. Satanás pode ser derrotado por nossa obediência e resistência. “Sujeitai-vos, pois, a Deus; resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.” (v.7). Satanás só é poderoso enquanto contar com a simpatia do homem que ele tenta.

Read Full Post »