Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Virtude’ Category

Texto Bíblico: Esdras 7.10

Introdução: Esdras vai a Jerusalém. Devemos reconhecer um intervalo de 58 anos entre os capítulos 6 e 7. Dario está morto, e Artaxerxes (Longimanus) reina na Pérsia. È o sétimo ano do seu reinado,458 a.C., e Esdras obtém licença de ir a Jerusalém. Ele, como Neemias, pediu licença de ir a Jerusalém, mas sendo sacerdote seu primeiro interesse foi o Templo de Deus. Neemias foi para restaurar a cidade e edificar os muros.

Esdras, “Escriba Versado” na Lei do Senhor, Deus de Israel. (Ed 7.6). Dedicava sua vida ao estudo das Sagradas Escrituras. Era sacerdote eficiente, porque estava determinado a obedecer aos mandamentos do Senhor e ele ensinou tanto através de seus pronunciamentos quanto por meio de seu exemplo. Esdras é um modelo para todos que se dedicam como pessoas ungidas por Deus, a estudar, obedecer e ensinar a sua palavra. Vejamos:

Esdras preparou o seu coração para:

1- Buscar a Lei do Senhor.

  • A lei do Senhor é perfeita e refrigera a alma. (Sl 19.7ª).
  • A lei do Senhor dá sabedoria ao simples. (Sl 19.7b).
  • A lei do Senhor é a verdade. (Sl 119.142; Jo 8.32).
  • A Lei do Senhor é espiritual. (Rm 7.14).

2- Cumprir a Lei do Senhor.

  • Quem ama, cumpri a lei. (Rm13.8).
  • Cumprir a lei é andar em liberdade. (Sl 119.44,45, 96-100).
  • Cumprir a lei é questão de prudência. (MT 7.24).
  • Cumprir a lei garante entrada no reino de Deus. (Mt 7.21).
  • A obediência à lei deve ser de todo coração. (Dt 26.16; 32.46).
  • A obediência à lei é o preço do êxito. (Js 1.7,8).
  • A obediência à lei é melhor que o sacrifício. (1Sm 15.22).
  • Há uma bem-aventurança para aquele que cumprir a lei. (Jo13.17).

Tiago adverte: “… sede cumpridores da palavra e não ouvintes”. (Tg 1.22).

3- Ensinar a Lei do Senhor.

  • É uma ordenança de Jesus. (Mt 28.19,20; 2Tm 4.2).
  • É uma santa vocação. (2Tm 1.9).
  • É a missão do povo de Deus. (2Crô 17.7; Mt 28.19,20).
  • É uma obrigação do povo de Deus. (2Tm 4.2).
  • É a responsabilidade mais importante do povo de Deus. (Mt 28.19,20; 2Tm 4.2).
  • É uma urgência do povo de Deus. (Mt 24.14).
  • Há uma promessa de recompensa para todos os que fazem à obra de Deus. (2Crô 15.7; 1Co 15.58).

Resumo: A Como Esdras, devemos estar determinados a estudar e a obedecer à Palavra de Deus. Lealdade a Deus e a sua Palavra sempre trará a benção e a ajuda divina. Todos os que buscam a Deus contritamente e que lhe são leais e, à sua Palavra, terão a mão favorável do Senhor sobre eles.

Read Full Post »

Textos Bíblicos: 2Reis 4.23,26; Filipenses 4.13; Marcos 9.23

Introdução: As palavras têm poder. Tudo é possível pelo poder da palavra, mas poucos têm consciência disso. Existe poder em suas palavras. O poder vem quando você assume a responsabilidade por sua vida. Vejamos:

1- “… Tudo Vai Bem…” (2Rs 4.23,26).

Sunamita e o seu filho. Deus abençoou essa mulher fiel, dando-lhe um filho. (2Rs 4.8-17).

Deus a submeteu a uma prova severa quando permitiu que esse filho lhe fosse tirado. (2Rs 4.18-21).

Deus restaurou a vida do filho, quando ela se manteve firme na promessa que Deus lhe fizera. (2Rs 4.22-37). A Escritura Sagrada diz:

“Retenhamos firmes a confissão da nossa fé, porque fiel é o fez a promessa”. (Hb 10.23).

“Fiel é o que vos chama, o qual também o fará”. (1Ts 5.24).

2- “Tudo Posso…” (Fl 4.13).

Paulo estava preso na prisãoem Roma. Paulopodia viver com alegria porque compreendia a vida sob o ponto de vista de Deus.

Aprenda a confiar nas promessas de Deus e no poder de Cristo para ajudá-lo a manter-se contente.

Ele suprirá todas as suas necessidades, mas de uma forma que só Ele sabe ser a ajuda para você. (fl 4.19).

3- “… Tudo é Possível…” (Mc 9.23).

O jovem lunático. Ao pai do jovem lunático, Jesus disse-lhe: “… Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê.” (v. 23).

Jesus disse que tudo é possível se crermos, porque nada é difícil para Deus. A Escritura Sagrada diz:

“… mas a Deus todo é possível”. (Mt 19.26).

“… porque para Deus todas as coisas são possíveis”. (Mc 19.27).

“Porque para Deus nada é impossível”. (Lc 1.37).

Não podemos ter imediatamente tudo o que pedimos a Ele, mas, com fé, podemos ter tudo o que precisamos. (Fl 4.13).

Resumo: Acredite é possível alcançar as bênçãos, resolver os problemas, vencer as lutas, superar as tribulações e tomar posse da vitória através do poder da palavra!

Read Full Post »

Textos Bíblicos: 2Crônicas 32.7,8; Isaías 41.10 

Introdução: Numa época em que as notícias ruins nos rodeiam, pode parecer até contraditório este mandamento de Deus, especialmente para as pessoas que crêem nesta verdade.

Não é toa, que a expressão “Não Temas,” aparece 365 vezes nas Escrituras, ou seja, uma para cada dia do ano.

Este mandamento, como via de regra, antecede uma promessa para as nossas vidas. Vejamos:

1- “… Não Temas… eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão.” (Gn 15.1).

2- “… Não Temas, porque eu sou contigo, e abençoar-te-ei, e multiplicarei a tua semente…” (Gn 26.24). 

3- “… Não Temais… Paz seja convosco…” (Gn 43.23).

4- “… Não Temais, pois; eu vos sustentarei…” (Gn 50.21).                       

5- “… Não Temais… e vede o livramento do SENHOR…” (Êx 14.13a).

6- “… Não Temais… o SENHOR pelejará por vós, e vos calareis.” (Êx 14.13b).

7- “… Não Temais, o SENHOR é conosco.” (Nm 14.9).

8- Não Temais, porque o SENHOR, vosso Deus, é o que peleja por vós.” (Dt 3.22).

9- “… Não Temais… o SENHOR… não vos deixará nem vos desamparará.” (Dt 31.6).

10- “Não Temas… O SENHOR é que vai adiante de ti…” (Dt 31.8).

11- “… Não Temas, o SENHOR é contigo por onde quer que andares.” (Js 1.9).

12- “… Não Temas… nenhum deles parará diante de ti.” (Js 10.8).

13- “… Não Temas; Eu sou o SENHOR, vosso Deus…” (Juízes 6.10).

14- “… Não Temas, e tu de contínuo comerás pão à minha mesa.” (2Sm 9.7).

15- “… Não Temas… mais são os que estão conosco do que os que estão com eles.” (2Rs 6.16).

16- “… Não Temas… Deus… há de ser contigo; não te deixará, nem te desamparará…” (1Crô 28.20).

17- “… Não Temais… a peleja não é vossa, senão de Deus.” (2Crô 20.15). 

18- “… Não Temais… Nesta peleja, não tereis de pelejar…” (2Crô 20.17).

19- “… Não Temais… há um maior conosco do que com ele. Com ele está o braço de carne, mas conosco, o SENHOR, nosso Deus, para nos ajudar e para guerrear nossas guerras…” (2Crô 32.7.8).

20- “… Não Temais; eis que o vosso Deus virá… e vos salvará.” (Is 35.4).

21- “… Não Temas… Eis aqui está o vosso Deus.” (Is 40.9). 

22- Não Temas, porque eu sou contigo… porque eu sou o teu Deus…” (Is 41.10).

23- “… Não Temas, que eu te ajudo.” (Is 41.13). 

24- “… Não Temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome; tu és meu.” (Is 43.1).

25- Não Temas… porque estou contigo… e te ajuntarei…” (Is 43.5).

26- “… Não Temas… servo meu a quem escolhi.” (Is 44.2).

27- Não Temas, porque não serás envergonhada…” (Is 54.4).

28- Não Temas… porque eu sou contigo para te livrar…” (Jr. 1.8).

29- Não Temais… porque eu sou convosco, para vos salvar…” (Jr. 42.11).

30- Não Temas… porque o SENHOR fez grandes coisas.” (Jl 2.21).

31- “Não Temas… o SENHOR… é poderoso para te salvar…” (Sf 3.16,17).

32- “… Não Temais, assim vos salvarei, e sereis uma bênção…” (Zc 8.13).

33- Não Temas, crê somente.” (Mc 5.36).

34- “Não Temas, porque a tua oração foi ouvida…” (Lc 1.13).

35- “… Não Temas, porque achaste graça diante de Deus.” (Lc 1.30). 

36- “… Não Temas; crê somente, e será salva.” (Lc 8.50).

37- “… Não Temas, mas fala e não te cales.” (At 18.9). 

38- “… Não Temas; eu sou o Primeiro e o Último.” (Ap 1.17).

39- Nada Temas… Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.” (Ap 2.10).

Resumo: O Senhor é zeloso conosco e Ele sabe que muitas das coisas deste mundo poderiam nos afligir e amedrontar, por isso, nos deixouem Sua Palavra, tamanha fonte de encorajamento.

Mesmo em meio às dificuldades, Ele está conosco, nos sustentando, guardando, protegendo e capacitando.

“… há um conosco maior…” (2Crô 32.7,8). “Não Temas”! Ele está contigo em todo o tempo, em qualquer lugar e em qualquer situação. A presença do Senhor nos envolve de forma tão tremenda e maravilhosa, que nos dá ousadia, coragem, esperança e desaparece todo o medo, mediante a presença segura e a certeza de que o Deus onipotente está conosco.

Não Temas, Deus Está no Controle. “… Esforça-te e tem bom ânimo; não pasmes, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo, por onde quer que andares.” (Js 1.9).

Read Full Post »

Textos Bíblicos: 1João 2.14; Romanos 8.31,37

1- A Sua Força. (v.14b). Pelo poder assim obtido, os jovens crentes se tornam espiritualmente fortes; portanto a força espiritual é adicionada à energia física.

O jovem tem uma força extraordinária:

  • Força para vencer o mal. (Rm 12.21).
  • Força para vencer o tentador. (1Co 10.13).
  • Força para ser mais do que vencedor. (Rm 8.31,37).

As Escrituras Sagradas dizem:

“A glória do jovem é a sua força…” (Pv 20.29).

“… a alegria do Senhor é a nossa força.” (Ne 8.10). 

2- A Palavra de Deus. (v.14c). Por que:

A Palavra é um elemento que disciplina e canaliza as energias (força).

O Poder da Palavra de Deus:

  • A Palavra de Deus Ilumina. (Sl 119.105).
  • A Palavra de Deus Purifica. (Sl 119.9; Jo 15.3; Ef 5.26).
  • A Palavra de Deus Santifica. (Jo 17.17).
  • A Palavra de Deus Edifica. (Mt 16.18).
  • A Palavra de Deus Fortalece. (Mt 4.4).
  • A Palavra de Deus Protege. (Pv 30.5; Ef 6.17).

3- A Presença de Deus. (Rm 8.31). A Presença do Senhor o segredo da vitória. A presença do Senhor é tudo que o jovem precisa. Por que:

  • Na Presença de Senhor há Direção Certa. (Êx 13.21).
  • Na Presença de Senhor há Abundância de Alegria. (Sl 16.11; Jó 41.22).
  • Na Presença de Senhor há Abundância de Vida. (Jo 10.10; 6.68).
  • Na Presença de Senhor há Proteção. (Êx 33.14,15; Sl 62.1).

Read Full Post »

Texto Bíblico: 2Coríntios 4.7

Introdução: O cristão é um “vaso de barro” que, às vezes, passa por tristezas, lágrimas, aflições, perplexidade, fraquezas e temores (2Co 1.4,8,9; 7.5). Mas o cristão não é derrotado por causa do “tesouro” celestial que nele está.

Temos três verdades fundamentais:

1- O tesouro: Se refere à promessa do evangelho, ou seja, à salvação humana. (2Co 3.18).

  • O dom de Deus – Jesus Cristo. (Jo 4.10).
  • O conhecimento da glória de Deus. (2Co 4.6).
  • A graça de Deus. (2Co 12.9).

2- Vasos de Barros: Representa a fragilidade humana. Isto é algo de que todo cristão deve estar ciente. O cristão não é um ser angelical, mas um frágil vaso de barro, isto é, portador das fraquezas da natureza humana.

A vida do homem:

“… é como o vento…” (Jó 7.7).

“… É um vapor que aparece por um pouco e depois se desvanece.” (Tg 4.14).

“Não confieis no homem, cujo fôlego está no seu nariz…” (Is 2.22).

3- Excelência do Poder: Isto diz que o poder de Deus é inigualável. “… excelência…” No original grego temos a palavra “uperbole,” o que indica algo tão excelente que chega a ser “excessivo,” “transcendental;” e essa excelência é do “… poder de Deus…”. O poder de Deus não tem medida, conforme poderíamos dizer:

  • O poder que pertence a Deus. (Sl 62.11).
  • O poder Soberano. (Fl 2.13; Jó 38.8-11).
  • A glória de Deus. (2Co 3.16).
  • A vida de Cristo em nosso corpo. (Cl 1.27).
  • A alegria da salvação. (Sl 51.12).
  • A paz que excede todo entendimento. (Fl 4.7).

Resumo:“Guarda o bom tesouro pelo Espírito Santo que habita em nós.” (2Tm 1.14).

“Guarda o que tens para que ninguém tome a tua coroa.” (Ap 3.11).

Read Full Post »

Texto Bíblico: Hebreus 11.1

1- O que é a fé:

No dicionário: Crença, convicção, credito sobre a veracidade de algo; opinião favorável sobre alguma coisa ou pessoa.

Na Bíblia: “A fé é a certeza das coisas que se esperam e a prova das coisas que não se vêem.” (Hb 11.1).

  • A fé é uma capacidade espiritual. (Gl 3.11).
  • A fé é um atributo da alma; não é algo que possa ser aprendido pela experiência física. Não vem mediante o exercício dos cinco sentidos. Não é algo que se aprenda na experiência humana. “A alma sabe, portanto, crê.”
  • A fé é um dom e uma operação do Espírito, mas também é uma reação favorável da alma. E uma estrada com duas pistas: a humana e a divina. O poder divino é que a cria; é um dom de Deus; mas a vontade humana, no nível da alma, deve receber e apropriar-se da fé, e então aplicar a “outorga aos cuidados de Cristo.” (Ef 2.8; Cl 2.12; Hb 12.2), quanto ao fato que a fé é uma operação divina (Gl 5.22) mostra-nos que se trata de um dos aspectos do “fruto do Espírito.” (Fl 1.29; 2Tss 2.13; Jo 6.29).

2- Expressões da fé:

  • Fé Salvadora. (Rm 10.9; Ef 2.8).
  • Fé – Fruto do Espírito. (Gl 5.22).
  • Fé – Dom do Espírito. (1Co 12.9).
  • Fé – O Evangelho completo. Seria o corpo de doutrinas que professamos (At 6.7; Gl 1.23; 1Tm 3.9; 4.17; Jd 3).
  • Fé – Confiança absoluta em Deus através do conhecimento da sua palavra (Rm 10.17). A fé natural só serve para as relações terrenas entre os homens (Jo 20.29; Tg 2.19).

3- O valor da fé:

  • É vital, essencial ao salvo. (Rm 1.17; 11.20; Hb 10.38).
  • A falta de fé é o pecado máter. (Jo 16.8,9; Rm 14.22,23).
  • O sobre – excelente amor procedia da fé. (EF 1.5; 3.17; 6.23).

4- A medida da fé:

  • Pequena fé. (Mt 6.30; Lc 12.28).
  • Tanta fé. (Mt 8.10; Lc 7.9).
  • Grande fé. (Mt 15.28).

5- A visão da fé:

  • Ela vê o que está longe. (Hb 11.13).
  • Ela vê o invisível. (Hb 11.27).
  • Ela vê o futuro. (Hb 11.1).
  • Ela vê a glória de Deus. (Jo 11.40).

6- A fé é fonte:

  • De Alegria. (1Pe 1.8).
  • De Esperança. (1Pe 1.21).
  • De Pureza. (At 15.9).
  • De Santidade. (At 26.18).

7- Traz ao que crê:

  • Remissão de pecados. (At 10.43).
  • Paz. (Rm 15.13).
  • Descanso. (Hb 4.3).
  • Esperança. (Gl 5.5).
  • Confiança. (Ef 3.12).
  • Filiação. (Gl 3.26).
  • Vida eterna. (Jo 3.16; 11.25).
  • Todas as coisas. (Mt 21.22; Mc 9.23).

8- Habilita o que crê:

  • A ficar firmes. (2Co 1.24).
  • A viver. (Rm 1.17).
  • A andar. (2Co 5.7).
  • A combater. (1Tm 6.12).
  • A vencer. (1Jo 5.4).
  • A obter bom testemunho. (Hb 11.39).
  • A tornar-se filho de Deus. (Jo 1.12).

9- Exemplos de fé vitoriosa:

  • Abraão. (Gn 22.8).
  • Calebe. (Nm 13.30).
  • Jônatas. (1sm 14.6).
  • Davi. (1Sm 17.37).
  • Jó. (Jó 19.25; 42.2).
  • Estevão. (At 6.5).
  • Barnabé. (At 11.24).
  • Paulo. (2Tm 4.7).
  • Os heróis antigos. (Hb 11.33,34).

10- A fé elemento indispensável na vida do crente:

  • O justo viverá da fé. (Hc 2.4; Rm 1.17).
  • Sem fé é impossível agradar a Deus. (Hb 11.6).
  • A fé é vitória que vence o mundo. (1Jo 5.4)
  • Todas as coisas são possíveis ao que crê. (Mc 9.23). 

11- Como obter a fé:

  • Por Jesus. (Hb 12.2).
  • Pela Palavra de Deus. (Rm 10.17).
  • Pelo Espírito Santo. (2Co 4.13).
  • Pela Adoração a Deus. (Rm 4.20). Ela estimula a fé. (At 16.25,26).

Resumo: “A fé é a certeza das coisas que se esperam e a prova das coisas que   não se vêem.” (Hb 11.1).

Read Full Post »

Texto Bíblico: Lucas 18.1 

1- O que é oração:

  • A oração é a dependência de Deus,
  • A oração é o elo de ligação com Deus,
  • A oração é o oxigênio do crente. (1Tss 5.17),
  • A oração é a respiração da alma. (1Tss 5.17),
  • A oração é uma arma poderosa. (Ef 6.11,13),
  • A oração é uma chave invisível. (At 16.25-28),
  • A oração é uma “alavanca” que move o braço que sustenta o mundo, o braço de Deus.          

2- A oração é descrita como:

  • Invocar ao Senhor. (Sl 17.6),
  • Invocar o nome do Senhor. (Gn 4.26). “Enos,”
  • Clamar ao Senhor. (Sl 3.4),
  • Buscar ao Senhor. (Is 55.6),
  • Levantar nossa alma ao Senhor. (Sl 25.1),
  • Aproximar-se do trono da graça com confiança. (Hb 4.16),
  • Chegar perto de Deus. (Hb 10.22; Tg 4.8).

3- Como devemos orar:

  • Podemos orar em silêncio. (1Sm 1.13),
  • Podemos orar em voz alta. (Ne 9.4; Ez 11.13),
  • Podemos orar através do Espírito (i, e., em línguas). (1Co 14.14-18),
  • Podemos orar até mesmo através de gemidos. (Rm 8.26),
  • Podemos orar cantando ao Senhor. (Sl 92.1,2; Ef 5.19,20; Cl 3.16),
  • A oração pode ser acompanhada de jejum. (Ed 8.21; Ne 1.4; Dn 3.4; Mt 6.16; Lc 2.37; At 14.23).

4- Qual a posição que se deve orar:

Notam-se várias posições na oração, tanto no A. T. como no N. T.. A Bíblia menciona pessoas orando:

  • Em pé. (1Sm 1.10,26; 1Rs 822; Ne 9.4,5; Lc 18.11),
  • Sentados. (1Crô 17.16; Lc 10.13),
  • Ajoelhados. (Ed 9.5; Dn 6.10; Lc 22.41),
  • Prostradas. (Nm 16.22; 2Sm 12.16; Mt 26.39),
  • Acamadas. (Sl 63.3; Is 38.1,2),
  • Curvadas até o chão. (Êx 34.8; Sl 95.6),
  • E de mãos levantadas (erguidas) aos céus. (Ed 9.5; Sl 28.2; Is 1.15; 1Tm 2.8).

5- Quando e onde orar:

  • Dentro do grande peixe. (Jn 2.1),
  • Sobre os montes. (1Rs 18.42; Mt 14.23),
  • No terraço da casa. (At 10.9),
  • Num quarto interior. (Mt 6.6),
  • Na prisão. (At 16.25),
  • Na praia. (At 21.5),
  • No templo – “a casa de Deus.” (Lc 18.10; At 3.1).

6- Como deve ser feita a oração:

  • Com fé. (Mt 21.22; Mc 9.23; 11.24; Hb 4.16; 10.22; Tg 1.6; 5.15),
  • Com fervor. At 4.31),
  • Com obediência. (1Jo 3.22),
  • Com perseverança. (Lc 18.1-7; Mt 7.7,8; Rm 12.12; Ef 6.18; Cl 4.2; 1Tss 5.17),
  • Com sinceridade. (Hb 10.22),
  • Com louvor e adoração. (Sl 100.4; 150; Fl 4.6),
  • Com a confissão sincera de pecados conhecidos. (Tg 5.16; Sl 51; Lc 18.13; 1Jo 1.9),
  • Em comunhão com Cristo e sua palavra. (Jo 15.7),
  • Em nome de Jesus. (Jo 14.13,14),
  • No Espírito Santo. (Ef 6.18),
  • Segundo a vontade de Deus. (Mt 6.9,10; 1Jo 5.14). A oração do próprio Jesus no Getsêmani. (Mt 26.42),
  • Segundo a nossa necessidade. (Tg 4.3; Sl 27.7-12; Fl 4.6).

Read Full Post »

Older Posts »