Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Revestimento’ Category

Texto Bíblico: 1Reis 18.19-40

Introdução: “Elias e os profetas de Baal.” Baal, no hebraico significa “Senhor”: O supremo deus dos cananeus, correspondendo a Bel, Senhor dos babilônicos. Baal era o deus do sol, responsável pela germinação e crescimento da lavoura, e aumento dos rebanhos e a fecundades das famílias.

Em tempos de seca e de peste, sacrificaram-lhe vítimas humanas para apaziguar a sua ira. (2Rs 16.3; 21.6; Jr 19.5). Nesses holocaustos, a família geralmente oferecia o primogênito, s vítima sendo queimada viva.

Baal era a divindade masculina e Astarote a feminina entre os fenícios e os cananeus.

Elias no hebraico significa “Deus é Senhor” ou “Cujo Deus é Jeová.”

Ele era um benjamita, filho de Jeorão. (1Crô 8.27).

Morador de Gileade. (1Rs 17.1).

O profeta da oração eficaz. (1Rs 17.1; 18.36-38; 41-45; Tg 5.16-18).

Encontramos três grupos no Monte Carmelo:

  • Os odiosos, como Acabe,
  • Os diligentes como Elias,
  • E os indiferentes, indecisos, que coxeavam entre dois lados.

O profeta Elias pede ao povo que tome uma decisão acerca de Deus de desafia aos profetas de Baal para uma prova de fogo. (1Rs 18.20-24).

  • A batalha dos deuses,
  • O fracasso dos falsos profetas,
  • A vitória de Elias.

Os segredos do sucesso de Elias:

1- Coragem. (vv. 17-19). Exemplos de coragem:

  • Abraão. (Gn 15.1).
  • Davi. (1Sm 17.32,45).
  • Salomão. (1Crô 23.13b).
  • Isaías. (Is 41.10,13)

A coragem um elemento fundamental:

  • Para aceitar os desafios. (Êx 14.15).
  • Para desafiar os obstáculos. (2Crô 32.7,8).
  • Para enfrentar o adversário das nossas almas. (Tg 4.7b).
  • Para viver no centro da vontade de Deus. (Fl 2.13).

2- Decisão. (vv. 19-24). Exemplos de decisão:

  • Daniel. (Dn 1.8).
  • Os três amigos de Daniel. (Dn 3.16-18).
  • Davi. (1Sm 17.32).
  • Paulo. (At 21.13; Fl 1.21).

3- Confiança. (vv. 22-24; 30-35). “Fé”

“A fé é a certeza das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem.” (Hb 11.1).

Exemplos:

  • Jairo, Jesus disse-lhe: “… Não temas, crê somente.” (Mc 5.36).
  • Ao pai do jovem indemoniado, Jesus disse-lhe: “… Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê.” (Mc 9.23).
  • Marta irmã de Lázaro, Jesus disse-lhe: “… Se creres, verás a glória de Deus.” (Jo 11.40).

A Escritura Sagrada diz:

– “Cheguemo-nos com verdadeiro coração; em inteira certeza de fé.” (Hb 10.22).

“Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.” (Hb 4.16).

4- Poder. (vv. 36.38). Exemplos de orações de poder:

  • O batismo de Jesus. (Lc 1.21,22).
  • A transfiguração de Jesus. (Lc 9.29).
  • Os discípulos. (At 4.31).

“… a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.” (Tg 5.16c).

Anúncios

Read Full Post »

Texto Bíblico: 1João 2.15-17

Introdução: A palavra mundo (gr. Kosmos) frequentemente se refere ao vasto sistema de vida desta era, fermentado por Satanás e existente à parte de Deus.

Consiste não somente nos prazeres obviamente malignos, imorais e pecaminosos do mundo, mas também se refere ao espírito de rebelião que nele age contra Deus, e de resistência ou indiferença a Ele e à sua revelação.

Isso ocorre em todos os empreendimentos humanos que não estão sob o senhorio de Cristo. Finalmente, o “mundo” também inclui todos os sistemas religiosos originados pelo homem, bem como todas as organizações e igrejas mundanas e mornas.

Três Verdades:

1- O mundo nos odeia. (Jo 17.14).

2- O mundo não nos conhece. (1Jo 3.1).

3- O mundo jaz no maligno. (1Jo 5.9).

Três Privilégios:

1- Não somos deste mundo. (Jo 17.16).

2- Somos a luz deste mundo. (Mt 5.14).

3- Maior é o que está em nós do que o que está no mundo. (1Jo 4.4b).

Três Requisitos:

1- Não sejais amigo do mundo. (Tg 4.4). “Amizade”

2- Não ameis o mundo. (1Jo 2.15). “Amor”

3- Não conformeis com o mundo. (Rm 12.2). “Conformidade”

E a Vitória sobre o mundo. (1Jo 5.4,5).

A nossa fé:

1- Na Palavra de Deus. (Sl 119.9,105; Pv 30.5; Ef 6.17).

2- Em Jesus. (Jo 10.10; Pv 21.31; 1Co15.57; 2Co 2.14; 1Jo 4.4; Ap 5.5; 19.16).

3- No Poder do Espírito Santo. (Lc 24.49; At 1.8; 2.1-4).

Resumo: “Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.” (1Jo 2.15-17).

Read Full Post »

Texto Bíblico: Filipenses 4.13

Introdução: No mundo hodierno, todos procuram com avidez obter vitória sobre os problemas de ordem física, esportiva, moral, social e religiosa. Todos andam a procura de sucesso e ninguém quer experimentar o sabor da derrota.

1- Posso Vencer a Carne.

A carne está ligada a nossa própria natureza, que quando não é vencida se torna um poderoso gigante contra o Espírito. “Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne; e estes opõem-se um ao outro; para que não façais o que quereis.” (Gl 5.17). Como?:

  • Revestindo o Senhor Jesus Cristo. (Rm13. 14).

“Mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e não tenhais cuidado da carne em suas concupiscências.”

  • Revestindo do Poder de Deus. (Lc 24.49).

“E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais revestidos de poder.”

  • Andando segundo o Espírito. (Rm 8. 4,14).

“… que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.” (v.4).

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, estes são filhos de Deus.” (v.14).

2- Posso Vencer o Mundo.

O mundo se apresenta como um gigante diante de nós. “Não ameis o mundo, nem o que há. Se alguém ama o mundo o amor do Pai não está nele.” (1Jo 2.15). Como?:

  • Pela fé. (1Jo 5. 4).

“Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.”

  • Com bom ânimo, como Jesus. (Jo16. 33).

“… no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.”

  • Não se conformando com o mundo. Conselho de Paulo. (Rm 12.2).

“E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

  • Não o amando. Exortação de João. (1Jo 2.15-17).

“Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo o amor do Pai não está nele.”

“Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne. A concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.”

“E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.”

3- Posso Vencer Satanás.

Após sua queda (Is 14.12), Satanás tem se apresentado como um gigante para as pessoas, rugindo como leão. (1Pe 5.8). Como?:

  • Revestindo. (Ef 6.11).

“Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.”

  • Resistindo. (Tg 4.7).

“… resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.”

  • Com armas espirituais: Fé, Palavra e Oração. (Ef 6.11-18; 2Co10. 4).

“Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo;”

“porque não temos que lutar contra carne e sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nas regiões celestiais.”

“Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.”

“Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça,”

“e calçados os pés na preparação do evangelho da paz;”

“tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.”

Resumo: Posso Todas as coisas naquele que me fortalece”. (Fl 4.13).  Posso vencer a Carne o Mundo e Satanás. Glorificado seja Deus por essa grande vitória!!!

Read Full Post »

Texto Bíblico: Juízes 6.11-16

1- Gideão Agraciado por Deus. (v.17).

“… achou graças aos olhos do Senhor…”

2- Gideão Valorizado por Deus. (v.12).

“… O Senhor é contigo, varão valoroso”.

3- Gideão Fortalecido por Deus. (v.14).

“… Vai nesta tua força…”

4- Gideão Revestido por Deus. (v.34).

“Então o Espírito do Senhor revestiu a Gideão…”

5- Gideão Encorajado por Deus. (v.16).

“… Portanto eu hei de ser contigo…”

Read Full Post »

Textos Bíblicos: Levítico 6.12ª, 13; Provérbios 26.20a

Introdução: O fogo de Deus está presente hoje na vida de cada crente. Ele acende a chama quando o Espírito Santo passa a habitar em nós, e zela tanto por isto que crescemos em graça enquanto andamos com ele.

Um fogo pode apagar-se simplesmente mediante a remoção do combustível, ou por falta de lenha. Desde o Antigo Testamento, a ordem de Deus era “O fogo pois, sempre arderá sobre o altar; não se apagará, mas o sacerdote acenderá lenha nele cada manhã…” (Lv 6.12a).

Devemos Manter o Fogo Aceso em Nossas Vidas. Como?

1- Com o Combustível da Oração. (Pv 26.20a).

O combustível a ser colocado no fogo é lenha da nossa oração. A oração na vida do crente, não é questão de escolha ou opção, é uma questão de necessidade e sobrevivência espiritual.

A Escritura Sagrada  diz:

“… sobre o dever de orar sempre e nunca desfalecer.” (Lc 18.1).

“… perseverai na oração.” (Rm 12.12b).

“Perseverai em oração…” (Cl 4.2).

“Orai sem cessar.” (1Tss 5.17).

Quando perseveramos em oração – “O fogo pois, sempre arderá sobre o altar; não se apagará…” (Lv 6.12ª).

Hei, mantenha a chama acesa! Lembre-se: “Sem lenha, o fogo se apagará…” (Pv 26.20ª).

2- Com o Combustível do Espírito Santo. (1Tss 5.19; Ef 5.18b).

 Portanto só fazemos prejudicar a nós mesmos e atrair derrota sobre as nossas vidas, quando apagamos as chamadas de atuação do Espírito de Deus. A vinda e a atuação do Espírito com freqüência são relacionadas à idéia simbólica de “fogo”.

A Escritura Sagrada  diz:

“E eu, em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; não sou digno de levar as suas sandálias; ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo.” (Mt 3.11).

“E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.” (At 2.3).

– “E do trono saíam relâmpagos, e trovões, e vozes; e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete Espíritos de Deus.” (Ap 4.5).

– “Por este motivo, te lembro que despertes o dom de Deus, que há em ti…” (2Tm 1.6ª).

Sim: “… atiça em chamas o dom de Deus que há em ti”. Portanto, não apaguemos e nem abafemos o fogo sagrado. “… Para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus.” (Ef 3.19).

  • O crente cheio do Espírito de Deus é como Sansão que colocou fogo na seara dos filisteus!
  • O crente cheio do Espírito de Deus é como Davi disse a Saul: “Não desfaleça o coração de ninguém por causa dele; teu servo irá e pelejará contra o filisteu.” (1Sm 17.32).
  • O crente cheio do Espírito de Deus é como Davi, que disse a Golias: “Tu vens contra mim com espada, e com lança, e com escudo; eu, porém, vou contra ti em nome do SENHOR dos Exércitos…” (1Sm 17.45).
  • O crente cheio do Espírito é como Jesus disse: “… Em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas… e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão.” (Mc 16. 17,18).
  • O crente cheio do Espírito é como Jesus, que disse a Lázaro que estava morto e na sepultura há quatro dias: “… Lázaro, sai para fora!” (Jo 11.43).
  • O crente cheio do Espírito é como Pedro que disse ao paralítico: “Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho (poder), isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta e anda.” (At 3.6).
  • O crente cheio do Espírito é como Estevão: “… que fixando os olhos no céu, viu a glória de Deus e Jesus que estava á sua direita.” (At 7. 55).
  • O crente cheio do Espírito: “… é bem-aventurado (feliz), porque sobre ele repousa o Espírito da glória de Deus.” (1Pe 4.14b).

O mesmo Deus que disse: “O fogo arderá continuamente sobre o altar; não se apagará.” (Lv 6.13), deseja que o fogo do Espírito Santo continue ardendo continuamente no altar das nossas vidas nos dias maus em que vivemos.

Que este fogo sempre esteja aceso, na vida de cada crente para que possa viver uma vida renovada pelo poder do Espírito de Deus.

3- Com o Combustível da Presença de Deus. (2Sm 22.13).

Deus é fogo Dt 4.24 e Hb 12.29 nos dizem que Deus é fogo consumidor e tudo que estiver envolvido pela presença de Deus também se torna fogo. O fogo era um emblema da presença divina. Tratava-se da presença do Deus vivo. O fogo refere-se a uma manifestação visível da presença e do esplendor da glória de Deus. A chama de fogo era a glória da presença de Deus, a Shekinah, que transformava tudo e todos em que tocasse. Vejamos.

O Fogo da Presença de Deus:

  • Na Sarça Ardente – “Apareceu-lhe o Anjo do Senhor numa chama de fogo, no meio de uma sarça; Moisés olhou, e eis que a sarça ardia no fogo e a sarça não se consumia.” (Ex 3.2).
  • Guiando o Povo Pelo Caminho – E o Senhor ia adiante deles, durante o dia, numa coluna de nuvem, para guiá-los pelo caminho; durante a noite, numa coluna de fogo, para alumiá-los, a fim de que caminhassem de dia e de noite.” (Êx 13.21). 
  • No Monte Sinai – “Todo o monte Sinai fumegava, porque o Senhor descera sobre ele em fogo… e todo o monte tremia grandemente.” (Êx 19.18).
  • No Monte de Deus – “E o aspecto da glória do Senhor era como um fogo consumidor no cimo do monte, aos olhos dos filhos de Israel.” (Êx 24.17).
  • No Monte Carmelo – “Então, caiu fogo do Senhor, e consumiu o holocausto, e a lenha, e as pedras, e a terra, e ainda lambeu a água que estava no rego.” (1Rs 18. 38).
  • Na Dedicação do Templo – “Tendo Salomão acabado de orar, desceu fogo do céu e consumiu o holocausto e os sacrifícios; e a glória do Senhor encheu a casa.” (2Crô 7.1).

O fogo de Deus está presente hoje na vida de cada crente:

  • Quando o fogo está aceso na vida do crente, ele mesmo é uma brasa acesa!
  • Quando o fogo está aceso na vida do crente, ele é uma tocha incendiando, as vidas por onde passa!
  • Quando o fogo está aceso na vida do crente, o seu rosto resplandece como de Moisés e nele o mundo vê a presença de Cristo.
  • Quando o fogo está aceso na vida do crente, ele prega a Palavra em tempo e fora de tempo.
  • Quando o fogo está aceso na vida do crente – “… Deus faz dos seus Ministros labaredas de fogo” (Hb 1.7b).
  •  Quando o fogo está aceso na vida do crente – “O fogo arderá continuamente sobre o altar, não se apagará.” (Lv 6.13).

Resumo:  Mantenha o Fogo Aceso! Com o “Combustível da Oração, com o Combustível do Espírito Santo e com o Combustível da Presença de Deus.” “O fogo arderá continuamente sobre o altar, não se apagará.” (Lv 6.13).

 

Read Full Post »