Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Perdão’ Category

Texto Bíblico: João 10.9

 Introdução: Esse símbolo da porta é digno das nossas reflexões. Cristo usou-o como uma espécie de caminho absoluto. Só há uma porta, uma entrada, uma maneira de entrar. Ao entrar no aprisco é algo feito com a finalidade de     encontrar e de desfrutar da vida espiritual e eterna, na pessoa de Cristo. Existe uma porta (Jesus) aberta, que nos leva para onde reinam a luz e a alegria!

1- Jesus a Única Porta:

  • A Porta. (v.9).
  • O meio. (Jo 14.6; Hb 10.19,20).
  • Acesso ao Pai (Deus). (Jo 14.6; Ef 2.18; 3.12).

2- O Nosso Dever:

  • Atendê-lo. (v.9).
  • Segui-lo. (Jo 12.26).

3- Os Nossos Privilégios:

  • Salvação: “… salvar-se-á…”
  • Comunhão: “… Entrará…”
  • Liberdade: “… Entrará e sairá…”
  • Sustento: “… e achará pastagens.

Resumo: “Mas graças a Deus, que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus        Cristo.” (1Co 15.57).

Read Full Post »

 Texto Bíblico: João 8.3-11

Os acusadores a levaram a Jesus:

1- No lugar Certo. (v.3). Onde Jesus estava.

Jesus está:

  • Habita com o contrito e abatido de espírito. (Is 57.15).
  • Onde estiverem dois ou três reunidos em seu nome. (Mt 18.20).
  • Dentro de nós. (1Jo 4.4b).

 2- Na Hora Certa. (v.3).

“Porque diz: Ouvi-te em tempo aceitável e socorri-te no dia da salvação; eis aqui agora o tempo aceitável; eis aqui agora o dia da salvação.” (2Co 6.2). 

O tempo de Deus:

  • É hoje. (Hb13. 8).
  • O presente. (Sl 46.1).
  • Agora. (Hb 4.16).

3- Ao Homem Certo. (v.4).

Jesus é o homem que:

  • Te aceita. (Mt 11.28).
  • Perdoa. (v.11; Mt 1.21).
  • Salva. (Jo 3.17; Lc 19.10).
  • Liberta. (Jo 8.36).
  • Alegra. (Sl 16.11; Jó 41.22).
  • Dá vitória. (Pv 21.31; 1Co 15.57; 2Co 2.14).
  • Leva para o céu. (Jo 14.2,3,6).

4- Ouviu a Palavra Certa. (v.11).

“… nem eu te condeno, vai-te e não peques mais.”

  • Palavra de Perdão,
  • De Misericórdia,
  • De Consolo,
  • De Esperança,
  • De Vitória.

Read Full Post »

Texto Bíblico: João 8.3-11

Introdução: Diversas lendas circulam a identificação e a história subseqüente informação de que o nome dela era Susana e que era esposa de certo Manasses, de Jerusalém.

Nas outras tradições asseveram que ela tornou uma santa de Deus na Espanha, até onde serviu o apóstolo Tiago; tais histórias, com toda probabilidade, são lendárias.           

1- Uma mulher que foi pega no próprio ato de adultério:

  • Na hora errada,
  • No lugar errado,
  • Fazendo a coisa errada. 

2- A situação daquela mulher:

  • Em pecado – fragrante. (v.3; Is 59.2).
  • Acusada – réu. (v.4; Ap 12.10).
  • Condenada – veredicto. (vv.5,11; Lv 20.10; Dt 22.22-24; Jo10. 10).
  • Em vergonha e desespero total.

Não importa a tua situação (posição) em que você se encontra. As Sagradas Escrituras dizem:

“vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei.” (Mt 11.28).

“Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.” (Lc 19.10).

“Tudo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora.” (Jo 6.37).

 3- Eles os acusadores a levaram a Jesus:

  • Na hora certa. (v.3),
  • No lugar certo. (v.3).
  • Ao Homem certo. (v.4).
  • e Ela ouviu a palavra certa. (v.11).

4- Jesus é aquele que:

  • Te aceita. (Mt 11.28; Jo 6.37).
  • Te Perdoa. (v.11; Lc 7.48,49).
  • Te Liberta. (Jo 8.36).
  • Te Alegra. (Sl 16.11; Jó 41.22).
  • Te dá Vitória. (Pv 21.31; 1Co 15.57; 2Co 2.14).
  • Te Leva Para o Céu. (Jo 14.3,6).

5- Eles os acusadores consideravam-se perfeitos e acuzavam aquela mulher. (vv.4,5).

  • Jesus é perfeito e não condenou aquela mulher. (v.11). 

“Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.” (Jo 3.17). 

6- A Lei de Moisés condenava aquela mulher à morte através do apedrejamento. (v.5).

Jesus não te condena, mas te chama. (Mt 11.28).

  • Para o arrependimento. (Mt 4.17).
  • Para salvação. (Lc 19.10).
  • Para que tenha direito as mansões celestiais. (Jo 14.2,3,6).
  • Para a vitória. (Pv 21.31; 1Co 15.57; 2Co 2.14).

Read Full Post »

Texto Bíblico: Gênesis 3.1-15

1- Primeiro passo errado: Desobediência. (v.6).

A desobediência é a conseqüência de todo mal. (vv.14-19; Rm 5.12).

2- Segundo passo errado: Auto-suficiência. (v.7). – falha, temporária.

Fizeram para si aventais (folha de figueira).

  • Para cobrir a nudez,
  • Para cobrir a vergonha,
  • Para cobrir o pecado.

As questões espirituais jamais podem ser resolvidas por processos ou intentos matérias! O quererem cobrir a nudez é prova real de que foram despidos da glória de Deus. (Rm 3.23; 5.1). 

3- Terceiro passo errado: Esconderam-se da presença de Deus. (vv.8-10).

“… Onde estás? Adão!”

Nada pode ser escondido da presença de Deus:

  • Ele é Onipotente (“tem todo poder”).
  • Ele é Onisciente (“conhece todas as coisas”).
  • Ele é Onipresente (“está presente em todo lugar”). 

“… Para onde me irei do teu Espírito ou para onde fugirei da tua face? Se subir ao céu, tu ai estas; se fizer no Seool a minha cama, eis que tu ali estás também…” (Sl 139.1-10).

“E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes, todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar.” (Hb 4.13).

4- Quarto passo errado: Justificaram o seu pecado. (vv.12,13). – Desculpa.

O que as Escrituras Sagradas dizem sobre o pecado:

  • O pecado é a transgressão da Lei divina,
  • O pecado é a desobediência as Leis de Deus,
  • O pecado é errar o alvo de Deus,
  • O pecado é a separação de Deus. (Is 59.2),
  • O pecado gera o abandono a Deus. Exemplos:

               – Adão e Eva. (vv.23,24),

               – Sansão. (Jz 16.20),

               – Saul. (1Sm 16.1ª, 14; 28.6).

  • O salário do pecado é a morte. (Rm 6.23),
  • Todo aquele que comete pecado é escravo do pecado. (Jo 8.34).

“O que encobre as tuas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia.” (Pv 28.13).

“Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto.” (Sl 32.1).

“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” (1Jo 1.9).

Promessa Anunciada. (v.15).

“E porei inimizade entre ti e a mulher e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.” 

Vestes Providenciadas.

As Vestimentas da Redenção. A vestimenta o ato da misericórdia de Deus ao homem em desobediência e pecado.

“Adão e Eva estavam nus.” (Gn 3.9).

“E fez o Senhor Deus a Adão e sua mulher túnicas de peles e os vestiu.” (Gn 3.21).

A Crucificação de Jesus.

“Tendo, pois, os soldados crucificado a Jesus, tomaram as suas vestes e fizeram quatro partes…” (Jo 19.23).

As vestes de Jesus foram tiradas e rasgadas para nos vestir:

  • A Veste da Salvação. (Is 61.10).
  • A Veste de Poder. (Lc 24.49; At 1.8; 2.1-4).
  • A Veste da Proteção. (Ef 6.11-13).

Read Full Post »

Texto Bíblico: Atos 16.30-34

Introdução: Deus nos chama a um compromisso real e verdadeiro. Isto é a salvação em Cristo Jesus. “… Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e a tua casa.” (v.31).

1- É um Chamado Pessoal. (v.31). As Sagradas Escrituras dizem:

“Mas, agora, assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome; tu és meu.” (Is 43.1).

“… E quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, viu-o e disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, porque, hoje, me convém pousar em tua casa.” (Lc 19.5).

“Disse-lhe, porém, o Senhor: Vai, porque este é para mim um vaso escolhido…” (At 9.15).

Deus nos criou e nos redimiu; pertencemos a Ele, e Ele conhece cada um de nós pelo nome, e reconhece o nosso valor e diz: Você é especial! Você tem valor! Você é importante para Deus! Somos preciosos e objetos do seu grande amor. (Jo 3.16).

2- É um Chamado Universal. (Mt 11.28; Jo 6.37).

Somos convidados a vir até Jesus. Ele nos oferece descanso, satisfação e tranqüilidade. Em Jesus há descanso. Cristo é a solução!

3- É um Chamado que Resulta em Grande Alegria. (At 16.31,34).

Quando o carcereiro percebeu sua condição e necessidade, arriscou tudo para encontrar a salvação. “… disse: Senhores, que é necessário que eu faça para ser salvar?” (v.30).

As Boas Novas da salvação são expressas de modo simples: “… Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e a tua casa.” (v.31). Quando reconhecemos Jesus como o Senhor e confiamos a Ele toda a nossa vida, a salvação nos é assegurada. Se você nunca confiou em Jesus para salva-lo, faça-o depressa! Sua vida pode tornar-se repleta de alegria, como aconteceu ao carcereiro.

Resumo: Deus está chamando ainda hoje! O chamado dEle é Pessoal, Universal e que Resulta em Grande Alegria. Qual é a sua resposta? Qual é a sua decisão? O momento é agora! O momento é hoje! Amanhã pode ser muito tarde. O Senhor espera a sua decisão hoje, a fim de abençoar você e sua família. (v.31).

Read Full Post »

Texto Bíblico: João 19.5

Introdução: De acordo com certos intérpretes, encontramos aqui uma profecia involuntária que Caifás havia pronunciado anteriormente, como profecia do Judaísmo, com respeito à pessoa de Cristo: “… Vós nada sabeis, nem considereis que vos convém que morra um só homem pelo povo, e que não venha a perecer toda a nação…” (Jo 11.49-51). Nesta oportunidade, Pilatos, ainda que em termos que nem ele mesmo entendia, declarou: Eis aqui o homem! Palavras essas que têm atravessado os séculos a fim de compungir os corações dos homens ante os   sofrimentos de Jesus, requerendo imperiosamente a atenção do mundo inteiro.

Pilatos fracassou totalmente nesse esforço (de restituir a liberdade a Jesus), e nem sonhava que estava chamando a atenção para a maior de todas as figuras da história, o homem dos séculos.

Eis Aqui o Homem:

1- Que te Aceita. (Mt 11.28).

2- Que te Perdoa. (Mt 1.21).

3- Que te Salva. (Jo 3.17; Lc 19.10).

4- Que te Liberta. (Jo 8.36).

5- Que te Alegra. (Sl 16.11; Jó 41.22).

6- Que te dá Vitória. (Pv 21.31; 1Co 15.57; 2Co 2.14).

7- Que te Leva Para o Céu. (Jo 14.2,3,6).

Read Full Post »

Texto Bíblico: 1Reis 18. 30-39

Altar, lat. “Altus”: Lugar elevado para oferecer sacrifícios. Havia dois tipos de altares. Um consistia de terra. (Êx 20.24), ou de uma rocha. (Jz 13.19), ou de uma só pedra grande. (1Sm 14.33-35), ou de várias pedras não lavradas. (Êx 20.25; 1Rs 18.31,32).

Altar lugar de oferecer sacrifícios a Deus:

  • Sacrifício de devoção. (Gn 8.20).
  • Sacrifício de adoração. (Gn 22.1-14).
  • Sacrifício de valor. (1Sm 24.24).

“Possuímos um altar…” (Hb 13.10). Nossos sacrifícios são:

  • Nossos corpos. (Rm 12.1).
  • Nosso louvor. (Hb 13.15).
  • Sacrifícios espirituais. (1Pe 2.5).
  • Sacrifícios agradáveis a Deus. (Sl 51.17).

Os sacrifícios que agradaram a Deus:

  • O sacrifício de Abel. (Gn 4.4). “Ofereceu dos primogênitos das suas ovelhas.”
  • O sacrifício de Abraão. (Gn 22.1-14). “Ofereceu seu único filho Isaque em holocausto.”
  • O sacrifício de Davi. (1Sm 24.24). “Ofereceu sacrifício de valor.”

“Os sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado, coração compungido e contrito não o desprezarás, ó Deus.” (Sl 51.17).

Os sacrifícios que não agradaram a Deus:

  • O sacrifício de Caim. (Gn 4.3,5). “Ofereceu do fruto da terra.”
  • Os sacrifícios de Nabade e Abiú. (Nm 10.1).
  • Os sacrifícios de ímpios. (Pv 15.8).
  • O sacrifício de tolo. (Ec 5.1).

Os preparativos para a construção de altar de Elias:

1- Consertou o altar que estava quebrado. (v.30).

Como está teu altar?:

  • Quebrado,
  • Destruído,
  • Derrubado,
  • Sem lenha. (Pv 26.20). “Oração – combustível”,
  • Sem vítima. “Renúncia – sacrifício”.

2- Tomou doze pedras, conforme o número das tribos de Israel para construção do altar. (vv.31,32).

Qual (quais) a pedra que está faltando no teu altar?:

  • A pedra do Amor,
  • A pedra do Perdão,
  • A pedra da Oração,
  • A pedra da Dedicação,
  • A pedra da Submissão,
  • A pedra da Fidelidade,
  • A pedra da Comunhão,
  • A pedra da Consagração,
  • A pedra da Confiança,
  • A pedra da Renúncia,
  • A pedra da Gratidão,
  • A pedra da Adoração.

3- Orou ao Senhor para que descesse fogo sobre o altar. (vv.36-38).

A Sagrada Escritura diz: “… a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.” (Tg 5.16c).

A nossa oração deve ser feita:

  • Com humildade. (Mt 23.12; Tg 4.10; 1Pe 5.6).
  • Com sinceridade. (Hb 10.22).
  • Com confiança. (Tg 1.6; 5.15; Mc 9.23; Hb 4.16).
  • Com fervor. (At 4.31).
  • Segundo a vontade de Deus. (Mt 6.9,10; 1Jo 5.14).
  • Segundo a nossa necessidade. (Tg 4.3; Sl 27.7-12; Fl 4.6).

Read Full Post »

Older Posts »