Feeds:
Posts
Comentários

Arquivo da categoria ‘Perseverança e Determinação’

Texto Bíblico: 1Reis 18.41-46

Introdução: Observando Elias, pode-se aprender muito sobre a oração. A necessidade de fé quando oramos, pois Elias creu que a sua oração seria respondida mesmo antes de vê-la atendida. (vv. 44,45). Tiago em sua Epístola explica que a oração do cristão pode ser tão eficaz quanto à oração de Elias.

1- A Oração de Elias era:

  • A oração de um justo. (Tg 5.16ª; Sl 66.18).
  • A oração de um homem de natureza humana semelhante a nossa. ( Tg 5.17).
  • A oração de muita eficácia. (v. 45; Tg 5.16,17).

2- Os Segredos da Oração eficaz de Elias:

1- A Sua Fé. (v. 41; Tg 5.17,18; 1Pe 17.1).

- “A fé é a certeza das coisas que se esperam e a prova das coisas que não se vêem.” (Hb 11.1).

O que a Bíblia diz sobre a fé:

- A Jairo Jesus disse-lhe: “… Não temas, crê somente.” (Mc 5.36).

- Ao pai do menino endemoninhado Jesus disse-lhe: “… Se tu podes crer; tudo é possível ao que crê.” (Mc 9.23).

- A Marta Jesus disse-lhe: “… Se tu creres verás a glória de Deus.” (Jo 11.40).

- O autor aos Hebreus admoesta-nos assim: “Cheguemos-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé.” (Hb 10.22).

- Tiago encorajá-nos a pedir com fé, não duvidando. (Tg 1.6; 5.15).

- Jesus enfatizou dizendo: “… tudo o que pedires, orando, crendo que o recebereis e tê-lo-eis.” (Mc 11.24).

2- A Sua Humildade. (v. 42).

Humildade é a virtude como manifestamos o sentimento da nossa fraqueza ou de nosso pouco ou nenhum mérito.

O que a Bíblia diz sobre a humildade:

- “… Deus atenta para os humildes…” (Sl 138.6).

- “E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado.” (Mt 23.12).

- “Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará.” (Tg 4.10).

- “Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que ao seu tempo, vos exalte.” (1Pe 5.6).

3- A Sua Sinceridade. (vv. 36-38).

Sinceridade é a qualidade do que é sincero. Que se exprime sem artifício, sem intenção de enganar, de disfarçar o seu procedimento.

- “Elias era um homem sujeito as mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse, e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra. E orou outra vez, e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto.” (Tg 5.17,18).

O que a Bíblia diz sobre a sinceridade:

- “… a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.” (Tg 5.16ª).

- “Cheguemos-nos com verdadeiro coração em inteira certeza de fé…” (Hb 10.22ª).

- “Cheguemos-nos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.” (Hb 4.16).

4- A Sua Perseverança. (vv. 43,44).

Perseverança é firmeza, constância na fé, nas virtudes. Persistir; conservar-se firme e constante.

O que a Bíblia diz sobre a perseverança:

- “Pedi; e dar-se-vos-á; buscai e encontrareis; batei; e abrir-se-vos-á. Porque aquele que pede recebe, e o que busca encontra; e, ao que bate, se abre.” (Mt 7.7,8).

- “… perseverai na oração.” (Rm 12.12).

- “Orando em todo tempo com toda oração e súplica no Espírito e vigiando nisso com toda perseverança…” (Ef 6.18).

- “Perseverai em oração, velando nela com ação de graças.” (Cl 4.2).

- “Orai sem cessar.” (1Tss 5.17).

Resumo: A oração eficaz, isto é, que produz milagres, não se limita a alguns poucos, como apóstolos e profetas. Todos os crentes podem orar acreditando que haverá grandes resultados. – “… a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.” (Tg 5.16ª).

 

Read Full Post »

Texto Bíblico: Esdras 7.10

Introdução: Esdras vai a Jerusalém. Devemos reconhecer um intervalo de 58 anos entre os capítulos 6 e 7. Dario está morto, e Artaxerxes (Longimanus) reina na Pérsia. È o sétimo ano do seu reinado,458 a.C., e Esdras obtém licença de ir a Jerusalém. Ele, como Neemias, pediu licença de ir a Jerusalém, mas sendo sacerdote seu primeiro interesse foi o Templo de Deus. Neemias foi para restaurar a cidade e edificar os muros.

Esdras, “Escriba Versado” na Lei do Senhor, Deus de Israel. (Ed 7.6). Dedicava sua vida ao estudo das Sagradas Escrituras. Era sacerdote eficiente, porque estava determinado a obedecer aos mandamentos do Senhor e ele ensinou tanto através de seus pronunciamentos quanto por meio de seu exemplo. Esdras é um modelo para todos que se dedicam como pessoas ungidas por Deus, a estudar, obedecer e ensinar a sua palavra. Vejamos:

Esdras preparou o seu coração para:

1- Buscar a Lei do Senhor.

  • A lei do Senhor é perfeita e refrigera a alma. (Sl 19.7ª).
  • A lei do Senhor dá sabedoria ao simples. (Sl 19.7b).
  • A lei do Senhor é a verdade. (Sl 119.142; Jo 8.32).
  • A Lei do Senhor é espiritual. (Rm 7.14).

2- Cumprir a Lei do Senhor.

  • Quem ama, cumpri a lei. (Rm13.8).
  • Cumprir a lei é andar em liberdade. (Sl 119.44,45, 96-100).
  • Cumprir a lei é questão de prudência. (MT 7.24).
  • Cumprir a lei garante entrada no reino de Deus. (Mt 7.21).
  • A obediência à lei deve ser de todo coração. (Dt 26.16; 32.46).
  • A obediência à lei é o preço do êxito. (Js 1.7,8).
  • A obediência à lei é melhor que o sacrifício. (1Sm 15.22).
  • Há uma bem-aventurança para aquele que cumprir a lei. (Jo13.17).

Tiago adverte: “… sede cumpridores da palavra e não ouvintes”. (Tg 1.22).

3- Ensinar a Lei do Senhor.

  • É uma ordenança de Jesus. (Mt 28.19,20; 2Tm 4.2).
  • É uma santa vocação. (2Tm 1.9).
  • É a missão do povo de Deus. (2Crô 17.7; Mt 28.19,20).
  • É uma obrigação do povo de Deus. (2Tm 4.2).
  • É a responsabilidade mais importante do povo de Deus. (Mt 28.19,20; 2Tm 4.2).
  • É uma urgência do povo de Deus. (Mt 24.14).
  • Há uma promessa de recompensa para todos os que fazem à obra de Deus. (2Crô 15.7; 1Co 15.58).

Resumo: A Como Esdras, devemos estar determinados a estudar e a obedecer à Palavra de Deus. Lealdade a Deus e a sua Palavra sempre trará a benção e a ajuda divina. Todos os que buscam a Deus contritamente e que lhe são leais e, à sua Palavra, terão a mão favorável do Senhor sobre eles.

Read Full Post »

Texto Bíblico: Filipenses 4.13

Introdução: No mundo hodierno, todos procuram com avidez obter vitória sobre os problemas de ordem física, esportiva, moral, social e religiosa. Todos andam a procura de sucesso e ninguém quer experimentar o sabor da derrota.

1- Posso Vencer a Carne.

A carne está ligada a nossa própria natureza, que quando não é vencida se torna um poderoso gigante contra o Espírito. “Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne; e estes opõem-se um ao outro; para que não façais o que quereis.” (Gl 5.17). Como?:

  • Revestindo o Senhor Jesus Cristo. (Rm13. 14).

- “Mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e não tenhais cuidado da carne em suas concupiscências.”

  • Revestindo do Poder de Deus. (Lc 24.49).

- “E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais revestidos de poder.”

  • Andando segundo o Espírito. (Rm 8. 4,14).

- “… que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.” (v.4).

- “Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, estes são filhos de Deus.” (v.14).

2- Posso Vencer o Mundo.

O mundo se apresenta como um gigante diante de nós. “Não ameis o mundo, nem o que há. Se alguém ama o mundo o amor do Pai não está nele.” (1Jo 2.15). Como?:

  • Pela fé. (1Jo 5. 4).

- “Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.”

  • Com bom ânimo, como Jesus. (Jo16. 33).

- “… no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.”

  • Não se conformando com o mundo. Conselho de Paulo. (Rm 12.2).

- “E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

  • Não o amando. Exortação de João. (1Jo 2.15-17).

- “Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo o amor do Pai não está nele.”

“Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne. A concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.”

“E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.”

3- Posso Vencer Satanás.

Após sua queda (Is 14.12), Satanás tem se apresentado como um gigante para as pessoas, rugindo como leão. (1Pe 5.8). Como?:

  • Revestindo. (Ef 6.11).

- “Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.”

  • Resistindo. (Tg 4.7).

- “… resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.”

  • Com armas espirituais: Fé, Palavra e Oração. (Ef 6.11-18; 2Co10. 4).

- “Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo;”

“porque não temos que lutar contra carne e sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nas regiões celestiais.”

“Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.”

“Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça,”

“e calçados os pés na preparação do evangelho da paz;”

“tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.”

Resumo: Posso Todas as coisas naquele que me fortalece”. (Fl 4.13).  Posso vencer a Carne o Mundo e Satanás. Glorificado seja Deus por essa grande vitória!!!

Read Full Post »

Textos Bíblicos: 2Crônicas 32.7,8; Isaías 41.10 

Introdução: Numa época em que as notícias ruins nos rodeiam, pode parecer até contraditório este mandamento de Deus, especialmente para as pessoas que crêem nesta verdade.

Não é toa, que a expressão “Não Temas,” aparece 365 vezes nas Escrituras, ou seja, uma para cada dia do ano.

Este mandamento, como via de regra, antecede uma promessa para as nossas vidas. Vejamos:

1- “… Não Temas… eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão.” (Gn 15.1).

2- “… Não Temas, porque eu sou contigo, e abençoar-te-ei, e multiplicarei a tua semente…” (Gn 26.24). 

3- “… Não Temais… Paz seja convosco…” (Gn 43.23).

4- “… Não Temais, pois; eu vos sustentarei…” (Gn 50.21).                       

5- “… Não Temais… e vede o livramento do SENHOR…” (Êx 14.13a).

6- “… Não Temais… o SENHOR pelejará por vós, e vos calareis.” (Êx 14.13b).

7- “… Não Temais, o SENHOR é conosco.” (Nm 14.9).

8- Não Temais, porque o SENHOR, vosso Deus, é o que peleja por vós.” (Dt 3.22).

9- “… Não Temais… o SENHOR… não vos deixará nem vos desamparará.” (Dt 31.6).

10- “Não Temas… O SENHOR é que vai adiante de ti…” (Dt 31.8).

11- “… Não Temas, o SENHOR é contigo por onde quer que andares.” (Js 1.9).

12- “… Não Temas… nenhum deles parará diante de ti.” (Js 10.8).

13- “… Não Temas; Eu sou o SENHOR, vosso Deus…” (Juízes 6.10).

14- “… Não Temas, e tu de contínuo comerás pão à minha mesa.” (2Sm 9.7).

15- “… Não Temas… mais são os que estão conosco do que os que estão com eles.” (2Rs 6.16).

16- “… Não Temas… Deus… há de ser contigo; não te deixará, nem te desamparará…” (1Crô 28.20).

17- “… Não Temais… a peleja não é vossa, senão de Deus.” (2Crô 20.15). 

18- “… Não Temais… Nesta peleja, não tereis de pelejar…” (2Crô 20.17).

19- “… Não Temais… há um maior conosco do que com ele. Com ele está o braço de carne, mas conosco, o SENHOR, nosso Deus, para nos ajudar e para guerrear nossas guerras…” (2Crô 32.7.8).

20- “… Não Temais; eis que o vosso Deus virá… e vos salvará.” (Is 35.4).

21- “… Não Temas… Eis aqui está o vosso Deus.” (Is 40.9). 

22- Não Temas, porque eu sou contigo… porque eu sou o teu Deus…” (Is 41.10).

23- “… Não Temas, que eu te ajudo.” (Is 41.13). 

24- “… Não Temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome; tu és meu.” (Is 43.1).

25- Não Temas… porque estou contigo… e te ajuntarei…” (Is 43.5).

26- “… Não Temas… servo meu a quem escolhi.” (Is 44.2).

27- Não Temas, porque não serás envergonhada…” (Is 54.4).

28- Não Temas… porque eu sou contigo para te livrar…” (Jr. 1.8).

29- Não Temais… porque eu sou convosco, para vos salvar…” (Jr. 42.11).

30- Não Temas… porque o SENHOR fez grandes coisas.” (Jl 2.21).

31- “Não Temas… o SENHOR… é poderoso para te salvar…” (Sf 3.16,17).

32- “… Não Temais, assim vos salvarei, e sereis uma bênção…” (Zc 8.13).

33- Não Temas, crê somente.” (Mc 5.36).

34- “Não Temas, porque a tua oração foi ouvida…” (Lc 1.13).

35- “… Não Temas, porque achaste graça diante de Deus.” (Lc 1.30). 

36- “… Não Temas; crê somente, e será salva.” (Lc 8.50).

37- “… Não Temas, mas fala e não te cales.” (At 18.9). 

38- “… Não Temas; eu sou o Primeiro e o Último.” (Ap 1.17).

39- Nada Temas… Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.” (Ap 2.10).

Resumo: O Senhor é zeloso conosco e Ele sabe que muitas das coisas deste mundo poderiam nos afligir e amedrontar, por isso, nos deixouem Sua Palavra, tamanha fonte de encorajamento.

Mesmo em meio às dificuldades, Ele está conosco, nos sustentando, guardando, protegendo e capacitando.

“… há um conosco maior…” (2Crô 32.7,8). “Não Temas”! Ele está contigo em todo o tempo, em qualquer lugar e em qualquer situação. A presença do Senhor nos envolve de forma tão tremenda e maravilhosa, que nos dá ousadia, coragem, esperança e desaparece todo o medo, mediante a presença segura e a certeza de que o Deus onipotente está conosco.

Não Temas, Deus Está no Controle. “… Esforça-te e tem bom ânimo; não pasmes, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo, por onde quer que andares.” (Js 1.9).

Read Full Post »

Texto Bíblico: Marcos 5.25-35

Introdução: A mulher tinha uma hemorragia debilitante, embaraçosa, desencorajadora. (v.26), que estava além da ajuda do conhecimento e da simpatia humanos. Só Jesus podia ajudar agora. Todos nós, eventualmente, chegamos ao ponto onde aquela mulher estava. Meu socorro vem do Senhor. Não há miséria humana que não possa ser aliviada por essa espécie de esperança. Doze anos de sofrimentos tiveram cura repentina.

1- Ouvir. (v.27a).

A mulher ouvira falar de Jesus estando muito longe, em Cesaréia de Filipo, mas não impediu que qualquer coisa lhe servisse de empecilho. Ela fez o sacrifício a fim de que levasse seu problema à presença da Fonte da Cura.

Ela passava por muitas dolorosas e prolongadas curas, tomando muitos remédios e sofrendo com muitos curadores crus. Mas sabia que Jesus era diferente, e que sua cura podia ser feita de modo instantâneo e completo. Foi recompensado em sua fé. A Bíblia diz: “De sorte que a fé vem pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.” (Rm 10.17). A fé vem pelo “que se ouve”, e não por causa do ato de ouvir. Ouvir falar do poder de Jesus e experimentar esse poder são coisas totalmente diversas.

2- Crer. (v.28).

A mulher solicitara a ajuda de muitos médicos, mas nenhum deles pôde aliviá-la. A mulher veio a Jesus como último recurso. Teria apelado para ele antes, se tivesse podido fazê-lo. Apelou para Jesus como último recurso. Porque dizia: “Se tão-somente tocar nas suas vestes sararei.” (v.28). Sua fé estava firmada em terreno sólido. Nada havia de mágico nas roupas de Jesus; mas dele emanava um poder autêntico, para quem estivesseem necessidade. A mulher não confiava nas vestes de Jesus, mas no próprio Cristo envolvido por aquelas vestes.

As Escrituras Sagradas dizem:

- “… se tiverdes fé… nada vos será impossível…” (Mt 17.20).

- “… Não temas, crê somente.” (Mc 5.36).

- “… tudo é possível ao que crê.” (Mc 9.23).

- “… se creres, verás a glória de Deus.” (Jo 11.40).

3- Tocar. (v.27b).

Tocar em Jesus. Aqui uma lição espiritual: Muitos tocaram em Jesus, mas não eram curados. Até hoje, também, muitos sabem acerca de Cristo e o respeitam, mas poucos são transformados por ele. Isso só ocorre mediante a confiança legítima nele, e não mediante o mero contacto com seu evangelho, com sua igreja, com sua história. Jesus corresponde aqueles que correspondem a ele, de modo real.

O que importa era o contato com Jesus e a sua presença. A cura teve lugar quando ela tocou nas vestes de Jesus. Há poder sanador no toque de Jesus, porque Ele se compadece das nossas enfermidades, e porque Ele é a fonte da vida e da graça. (Hb 4.16). Nossa atitude ao buscarmos a cura é aproximar-nos de Jesus e permanecer na sua presença. Aproxime de Jesus. (Tg 4.8ª). Toque em Jesus!:

  • Com Coragem. (v.27ª).  “… veio por detrás, entre a multidão…”
  • Com Ousadia. (v.27b). “… e tocou na sua vestimenta.”
  • Com Confiança – fé. (v.28). “Porque dizia: Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei.

As Escrituras Sagradas dizem:

- “no qual temos ousadia e acesso com confiança, pela nossa fé nele.” (Ef 3.12).

- “Chegamos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.” (Hb 4.16).

- “Ora, sem fé é impossível agradar a Deus, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.” (Hb 11.6).

Read Full Post »

Texto Bíblico: Gênesis 37.1-5 

Introdução: A Bíblia nos relata que José, na sua geração, ousou receber de Deus os sonhos que seriam as diretrizes de toda a sua vida e por eles se dispôs a pagar um alto preço.

Para o cristão não é diferente, deve-se lutar sempre, desistir jamais, pois há esperança para o seu futuro, para os teus sonhos. Não Desista, acredite nos teus sonhos e lute por eles!

A Vida de José

1- Amado.

Jacó e sua família habitavam na terra de Canaã, e Jacó amava a José mais do que a todos os seus filhos, o que deixava os irmãos de José com inveja.

E Israel amava a José mais do que a todos os seus irmãos: Sendo o primogênito da esposa favorita de Jacó, não surpreende que José veio a tornar-se o seu filho preferido.

2- Humilhado.

O motivo da humilhação de José:

  • Porque ele trazia má notícia de seus irmãos ao seu pai. (v.2).
  • Porque ele era o filho da velhice de Jacó. (v.2).
  • Porque ele era o filho preferido de seu pai. (vv.3,4).
  • Porque ele tinha um sonho. (v.5).

Quando José foi humilhado:

  • Quando Lançado na cova. (Gn 39.19-24).
  • Quando Vendido como escrava aos ismaelitas por vinte moedas de prata. (Gn 39.25-28). – preço de escravo.
  • Quando Vendido a Potifar, eunuco de Faraó. (Gn 39.1).
  • Quando Lançado no calabouço. (Gn 39.20). Com pessoas de mau caráter, desonestas, num ambiente solitário, fétido, frio, sem esperança.
  • E por fim esquecido. (Gn 40.14,15, 23). Porém o Senhor era com ele. (Gn 39.21). 

3- Exaltado.

  • Quando interpreta o sonho de copeiro-mor e do padeiro-mor. (Gn 40.8-21).
  • Quando interpreta o sonho de Faraó. (Gn 41.14-32).
  • Quando se torna governador do Egito. (Gn 41.38-45).

O motivo da exaltação de José:

  • A Presença do Senhor. (Gn 39.2,3, 21), Deus conosco o segredo da vitória. (Rm 8.31).
  • A Fidelidade em Tudo ao Senhor. (Gn 39.7-9).
  • A Confiança no Senhor. (Gn 40.8; Mc 9.23b). 

Resumo: Acreditem nos seus sonhos, foi Deus quem os redigiu e que colocaram eles no seu coração como promessas dele. Ainda é tempo de sonhar. Deus pode tornar seu sonho em realidade!

A escolha é sua, ou você vai à luta e vence como fez José, ou então você simplesmente deixa pra lá e aceita a comodidade de uma vida cristã sem lutas e  sem vitórias.

Read Full Post »

Texto Bíblico: Tiago 4.7

Introdução: “Satanás.” Uma palavra hebraica que significa adversário. Também é chamado pelo nome de “diabo” que significa acusador ou caluniador, e também “Belzebu ou Baalzebu”, que significa senhor das moscas. O N. T. aplica o termo ao “príncipe” ou chefe dos demônios. (Mt 12.24-29). No trecho de Ap 12.3 ele é chamado de dragão, uma referência á sua astúcia, malignidade e veneno. Ap 12.9 é passagem que se refere ao “dragão” como a antiga serpente, uma referência à sua astúcia, misturada com a sua natureza destruidora.

Portanto as Escrituras aludem a Satanás como uma personalidade real, e não meramente como símbolo do princípio do mal. Porém Satanás está neste mundo e está tentando nos conquistar para sua causa maligna. Mas é possível vencê-lo! Como?:

1- Sujeitando.

“… Sujeitai-vos…” Esse é um elemento imprescindível para a vitória na vida espiritual. É para os “humildes” que a graça de Deus é conferida.

Quem se sujeita é quem se torna “humilde” de espírito, reconhecendo a sua própria fraqueza na esfera espiritual. Realmente, é necessário que o crente se submeta ao seu próprio Comandante, pois está diante de um inimigo feroz. Sozinho. O crente certamente fracassará; com Cristo a vitória lhe está assegurada, mas ninguém estará “com Ele”, a menos que se submeta às suas ordens.

2- Resistindo.

“… resisti…” O verbo sugere oposição vigorosa, resistir bravamente, ficar cara a cara contra um adversário, sustentar sua base. Significa manter agressivamente na retaguarda ou manter-se à frente e opor-se; “lutar.” (Ef 6.12). Significa engajar-se ativamente em um combate um-a-um; “ficar firme.” (Ef 6.13). Significa manter a firmeza depois de uma batalha ativa; e “estar firme.” (Ef 6.14). Significa tomar posição para a próxima batalha.

Tomai atitude firme, resistindo às tentações e ao mundanismo enviada pelo “príncipe deste mundo” (Jo 14.30), e obtereis sucesso. Se Satanás for resistido com constância, sabendo que Deus é quem firma ao crente, desistirá imediatamente. Com o poder do Espírito Santo, podemos resistir ao diabo, e ele fugirá de nós.

3- Triunfando.

“… e ele fugirá de vós…” Essa idéia aparece sob várias formas, na literatura judaica: “Se fizeres aquilo que é bom, meus filhos… o diabo fugirá de vós.” “Se um homem foge para o Senhor, o espírito maligno fugirá dele.” “Se praticardes o bem, até mesmo os espíritos imundos fugirá de vós.”.

Portanto, sujeitai-vos a Deus e oferecereis resistência a ele (ao diabo) e ele fugirá de vós. Ele (o diabo) pode lutar, mas não pode vencer; portanto, se lhe ofereceres resistência, ele fugirá de ti; derrotado e envergonhado.

Resumo: Há vitória; a derrota não é necessária, embora o adversário seja dotado de forças e inteligência prodigiosas. Satanás pode ser derrotado por nossa obediência e resistência. “Sujeitai-vos, pois, a Deus; resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.” (v.7). Satanás só é poderoso enquanto contar com a simpatia do homem que ele tenta.

Read Full Post »

Texto Bíblico: 2Reis 2.1-14 

Exemplos de homens e mulheres que pagaram um alto preço para serem abençoados e triunfantes em meio às lutas e provações:

1- Abraão (Obediência).

a) A chamada de Abraão. (Gn 22.1-3; Hb 11.8).

  • Ao ser chamado, obedeceu e foi abençoado por Deus.

b) Ao ser provado. (Gn 22.1-14).

  • Ofereceu seu único filho Isaque em sacrifício a Deus.
  • Foi aprovado por Deus.
  • e Foi chamado amigo de Deus.

2- Jacó – Suplantador (Decisão).

Passa o vau de Jaboque e luta com ele um anjo. (Gn 32.22-31). “… Não te deixarei ir, se me não abençoares…” (v.26).

Seu nome foi mudado para “Israel,” que significa “aquele que luta com Deus.”

  • Vida transformada.
  • Campeão com Deus. (2Co 5.17).

3- Rute (Fidelidade).

Noemi e suas nora Orfa e Rute. (Rt 1.1-22). “… aonde quer que fores, irei eu e, onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus…” (v.16).

  • Prova de amor.
  • Prova de companheirismo.

4- Eliseu (Perseverança).

O sucessor de Elias. (2Rs 2.1-14).

Disse Elias: “… Fica-te aqui, porque o Senhor me enviou a…”

  • Betel, hb. “Casa de Deus.”
  • Jericó, hb. “Lugar de Fragrância” ou “cidade das Balsamo.” Era chamada a cidade das palmeiras. (Dt 34.3).
  • Jordão, hb. “O que desce” ou “Descendo.” – Lugar de humilhação – Lugar de purificação. (2Rs 5.14).

Eliseu responde: “… Vive o Senhor, e vive a tua alma, que te não deixarei…” (vv.2,4,6).

  • Porção dobrada.
  • Homem poderoso.

Read Full Post »

Texto Bíblico: 1Reis 19.1-16

Introdução: Esta mensagem vai mudar a sua vida. Acredite! “Eu não sei qual caverna você possa estar agora, mas Deus vai te tirar dela.”

Elias no hebraico significa: “O Senhor é meu Deus.”

“Horebe, o Monte de Deus”

Horebe no hebraico significa: “Uma terra deserta” ou “Lugar seco.” O mesmo que Sinai (Êx 3.1; 17.6). A península do Sinai está situada na montanha de Arábia entre os golfos de Suez e de Acabá.

- Neste lugar Deus apareceu a Moisés nas chamas de uma sarça ardente. (At 7.30).

- A rocha foi ferida para dela sair água para os israelitas. (Êx 17.6).

- Foi no Sinai que Deus o todo poderoso dez conhecer a sua vontade por meio de Moisés à multidão dos hebreus. (Ex 20.1-17; 24.7,8).

- Montanha onde Moisés recebeu do Senhor a Lei chama-se Horebe no Deuteronômio (1.2, etc.); em qualquer outro lugar tem o nome de Sinai. Parece que Horebe designa todo o território, e Sinai a montanha onde a Lei foi dada.

- Onde Elias, fugindo de Jezabel, escondeu-se numa caverna.

- Elias no lugar certo, na hora errada. Deus disse-lhe: “… Que fazes aqui, Elias?” (v. 9).

1- Quem era Elias?

  • Um homem poderoso. (1Rs 17.1,13-16; 18.36-39).
  • Um homem de Deus. (1Rs 17.18,24).
  • Um homem de decisão. (1Rs 18.21).
  • Um homem de desafio. (1Rs18. 22-24).
  • Um homem de fé. (1Rs 18.42-45).
  • Um homem sustentado por Deus. (1Rs 17.4-6; 19.5-8).
  • Um homem semelhante a nós, sujeito aos mesmos sentimentos… (Tg 5.17).

- Dormindo em total exaustão.

- Todos nós temos nossos dias ruins e de calmaria.

- A maior ameaça é logo após o triunfo.

- O momento em muitas vezes a pessoa está vulnerável como no dia seguinte a uma vitória…

2- O momento de crise de Elias:

O momento de crise é o momento em que Deus nos prova. O momento de crise é o momento onde muitas vezes falhamos com o Senhor:

  • Por falta de fé. (vv.1-3; Hb11. 6).
  • Por falta de coragem. (v.9).
  • Por nossas reclamações. (v.4).
  • Por atitudes de desespero. (v.3; Sl 20.7,8; 23.4; 125.1).
  • Por atitudes de covardia. (vv.1-9; Jn 4.1-3).
  • Por atitudes de exaltação. (vv.14,18). MT 23.12; Tg 4.10; 1Pe 5.6).

As Escrituras Sagradas dizem:

- “E o que a si mesmo se exaltará será humilhado, e o que a si mesmo se humilhar será exaltado.” (Mt 23.12)

- “Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará.” (Tg 4.10).

- “Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que, a seu tempo, vos exalte.” (1Pe 5.6).

3- O motivo da fuga de Elias:

  • Medo. (vv.1-3, 10).
  • Cansaço. (v.8).
  • Tristeza. (v.10).
  • Desânimo. (v.14).

A retirada forçada de Elias para o território de Judá é o um exemplo daqueles que “por causa da justiça” (Mt 5.10) são maltratados e pelas covas da terra. (Hb 11. 37,38).

A Bíblia diz que Deus não desampara o teu servo. (Sl 37.25). Por que:

  • Ele é Fiel. (Is 49.15,16).
  • Ele está conosco. (Rm 8.31; 1Jo 4.4b).
  • Ele é o nosso refugio e fortaleza. (Sl 46.1; 91.1,2).
  • Ele é o nosso amparo. (Sl 18.18).
  • Ele é a nossa vitória. (Pv 21.31; 1Co 15.57; 2Co2. 14).

Você pode dizer? Como:

1- Davi – “Deleito-me em fazer a tua vontade, o Deus meu…” (Sl 40.8).

2- Jesus – “… A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra.” (Jo 4.34).

3- Pedro – “… Eis que nós deixamos tudo e te seguimos.” (Lc 18.28).

- “… Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras de vida eterna.” (Jo 6.68).

4- Paulo – “Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim…” (Gl 2.20).

- “Antes, subjugo o meu corpo e o reduzo a servidão…” (1Co 9.27).

- “Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho…” (Fl 1.21vv).

“Horebe, o Monte da Revelação”

O Monte Horebe foi o lugar aonde Elias ouviu a voz de Deus. A revelação de Deus veio de “uma voz mansa e delicada”. Deus também fala ao coração das pessoas de uma maneira íntima e silenciosa. Ele usa a voz da sua palavra pregada e do seu Santo Espírito agindo na alma dos ouvintes.

Você pode ouvir Deus? Como:

  • Adão. (Gn 3.9).
  • Abraão. (Gn 17.1).
  • Samuel. (1Sm 3.10; 16.1).
  • Isaías. (Is 6.8).
  • Ezequias. (Is 38.1).
  • Ezequiel. (Ez 2.1,2).
  • Paulo. (At 9.3-6).

As Escrituras Sagradas  dizem:

- “Sem linguagem, sem fala, ouve-se as suas vozes.” (Sl 19.3).

- “… todo aquele que é da verdade ouve a minha voz.” (Jo 18.37b).

- “quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz as igrejas…” (Ap 3.13).

O que Deus disse a Elias:

1- “Sai para fora e põe-te neste monte perante a face do Senhor.” (v.11).

Deus é o Deus da segunda chance; Ele é o Deus do segundo toque. (1Rs 19.7).Não é o Seu

2- “Agora Vai, volta pelo teu caminho para o deserto de Damasco…” (v.15ª).

3- Vem…” (v.15b).

Cumpri a sua missão:

  • Unge a Hazael rei sobre a Síria. (v.15c).
  • Unge a Jeú rei sobre Israel. (v.16ª).
  • Unge a Eliseu profeta em teu lugar. (v.16b).

Read Full Post »

Texto Bíblico: Lucas 18.35-43 

Introdução: Embora esse homem fosse incapaz de enxergar, fez bom uso dos seus ouvidos. Fica aqui uma lição. “Se não temos todos os dons, usemos aquele que possuímos que com certeza alcançaremos o nosso objetivo.”

Não Existe Problema Que Deus (Jesus) Não Possa Resolver.

O cego se achava ali á beira do caminho fim de pedir esmolas. Mas estando Jesus presente sem dúvida pediria algo maior; e assim ele fez, não tendo sido desapontado. 

Com freqüência pedimos pouco demais a Jesus, pois nossa fé é pequena e nosso desenvolvimento espiritual é insuficiente. As Sagradas Escrituras Dizem:

- “Pedi e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. Porque aquele que pede, recebe; o que busca, encontra; e ao que bate se abre.” (Mt 7.7,8).

- “E tudo o que pedirdes em oração, crendo, o recebereis.” (Mt 21.22).

- “Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito.” (Jo 15.7).

O cego esmoler desejava realmente a cura, e agarrou-se à oportunidade passageira. (1Co 7.21).

Rompendo os Obstáculos. Exemplos:

1- A Mulher do Fluxo de Sangue. (Mc 5.25-34).

A mulher tinha uma hemorragia debilitante, embaraçosa, desencorajadora (v.26), que estava além da ajuda do conhecimento e da simpatia humanos.

A mulher solicitara a ajuda de muitos médicos, mas nenhum deles pode aliviá-la. Só Jesus podia ajudar agora.

A mulher veio a Jesus como último recurso: Meu socorro vem do Senhor. Teria apelado para ele antes, se tivesse podido fazê-lo.

2- O Cego de Jericó:

1- A despeito dos empecilhos. A despeito dos empecilhos (ele era homem cego na alma e fisicamente) ele exerceu fé no Messias (Filho de Davi era um título messiânico).

As dúvidas não o venceram naquela hora porque a sua necessidade era grande demais para permitir uma derrota. Às vezes, a esperança prospera por causa da impossibilidade.

2- A multidão o repreendia que calasse; mas ele clamava ainda mais: “Filho de Davi tem misericórdia de mim.” (v.39). O cego não deixaria nada atrapalhar seu caminho para chegar até Jesus. 

Sempre que uma alma começa a clamar por Jesus, rogando luz e salvação, o mundo e o diabo se aliam para sufocar esse clamor ou para obrigá-lo ao silêncio.

A resposta constante das multidões, a todos quantos clamam acerca da necessidade e do sofrimento, é sempre a mesma: “Aquieta-te e cala-te!” 

A multidão está dizendo: Aquieta-te e cala-te! Mas não esqueça que Jesus está passando: Clame a Ele! Ele está pronto a te responder: “… Que queres que te faças?…” (v.41).

Read Full Post »

Older Posts »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 146 outros seguidores